Vida de cão
Noticias diárias sobre violência no Brasil




Procurando algo?


contato



Segunda-feira, Setembro 29, 2003



Pedreiro mata irmão com golpes de facão na frente do pai em SP - Agora, SP

O pedreiro José Davi dos Santos, 24 anos, esfaqueou o próprio irmão, o lavrador Silvio Correa dos Santos, 26, durante uma discussão ontem em Itaí (301 km de SP). O crime aconteceu na casa do pai dos rapazes, João Correia dos Santos, 96, que presenciou o assassinato. Os irmãos teriam começado a discutir por causa do envolvimento de Sílvio com drogas. Nervoso, o lavrador teria partido para cima de José com uma faca de cozinha. O pedreiro contou à polícia que, para se defender, ele pegou um facão de cortar cana e deu dois golpes no irmão _um nas costas e outro no pescoço.


Sexta-feira, Setembro 26, 2003



tem umas fotos com de uma enxada na cabeça de um sujeito....em breve

Cozinheira identifica marido assassinado a enxadadas - Folha de Boa Vista, Roraima



O corpo do estivador Lunar Farias Castro, 38, conhecido como Ceará, que estava sem identificação até à noite de terça-feira, foi reconhecido pela esposa, a cozinheira Elizabet Magalhães Moraes, 33, que foi até o Instituto Médico Legal (IML) fazer a confirmação. O assassino de Lunar, morte a golpes de enxadada na noite de segunda-feira, no bairro Jardim Equatorial, no bar conhecido como Dois Irmãos, na avenida Ataíde Teive, ainda não foi localizado. Segundo o titular da Delegacia Geral de Homicídios, Júlio Barros, até o momento algumas pessoas estão sendo ouvidas, entre elas os proprietários do bar, mesmo assim nada de concreto foi apurado, pois eles negam qualquer envolvimento. Conforme a esposa da vítima, a última vez que viu e falou com o marido foi no dia do crime, pela manhã, quando ele saiu de casa afirmando que iria fazer um descarregamento de milho. Elizabete disse que soube da tragédia no outro dia através de vizinhos. "Muitos chegaram me falando sobre a morte, mas eu não queria acreditar e o esperei até à noite, quando fui no IML", lembrou. A polícia está investigando um amigo de Lunar, que também é conhecido como Ceará. Segundo o delegado, o acusado convidou a vítima para jogar sinuca e beber, quando os dois foram para o bar Dois Irmãos. Após muita bebida, um dos proprietários teria alertado a vítima e dito para ele ir para casa. "Foi neste exato momento que tudo aconteceu. O Ceará sumiu e meu marido foi morto", disse a cozinheira ao lembrar que o único vício do marido era a bebida. Após exame cadavérico, foi confirmado que a vítima sofreu traumatismo craniano e anemia aguda. O assassino golpeou quatro vezes a vítima com uma enxada. Os golpes acertaram a boca, nariz, face e a cabeça. Lunar foi sepultado ontem no cemitério Campo da Saudade.
CONFUNDIDO - Muitas pessoas procuraram o IML no dia de ontem para fazer a identificação do corpo. Após a foto publicada na edição de ontem da Folha, familiares de um homem identificado por João Coimbra Guerreiro confundiram as pessoas. Segundo uma das irmãs, João é acostumado a ficar dias sem aparecer em casa. Ela contou que Coimbra está há quatro dias sem dar notícias e todos acreditaram que o corpo fosse o dele. A única diferença era uma tatuagem que João possuí em um dos braços e Lunar não.



Monitor do Projeto Crescer é preso por tentativa de homicídio - Folha de Boa Vista, Roraima


O monitor do Projeto Crescer, da Prefeitura de Boa Vista, Jander Medeiros dos Santos, 22, foi preso em flagrante na manhã de ontem por agentes do setor de operações da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Ele é acusado de tentativa de homicídio contra sua esposa, a dona-de-casa Eurismar Nobre de Mendonça, 27. Conforme a delegada Selma Aparecida de Sá, tudo começou quando a vítima estava dormindo na residência do casal, no bairro Calungá, quando por volta das 6 horas Jander, embriagado e com uma garrafa de bebida quase vazia nas mãos, tentou entrar na casa. Como a porta encontrava-se fechada, a vítima se levantou e foi abrir, quando o instrutor entrou e informou que iria vender a televisão. Diante da negativa de Eurismar, Jander a ameaçou com uma faca. Com a intenção de se defender, a dona-de-casa conseguiu se afastar e pegou uma faca menor. Neste instante, ainda segundo a delegada, Jander, com uma barra de ferro nas mãos, partiu para cima de sua esposa, espancando-a por diversas vezes na cabeça, nos membros inferiores e superiores e nas costas. Quando percebeu o sangue jorrando da cabeça da vítima, o instrutor se evadiu do local.A vítima, ainda sangrando, procurou um telefone público para avisar a polícia, mas o único orelhão estava quebrado. Por conta disso, Eurismar conseguiu ir até a delegacia e registrou a ocorrência. Em menos de uma hora o acusado foi localizado nos fundos de sua casa, não resistiu a prisão e assumiu o crime.
FICHA - Conforme a delegada, Jander já foi indiciado duas vezes por tráfico de drogas, em 2001 e 2002, no artigo 12 da lei 6368/76, e responde por furto qualificado, conforme artigo 155, parágrafo 4º do CPB, já neste ano. Ele não quis conversar com a imprensa. Foi autuado no artigo 121 combinado com 14 do CPB e encaminhado à Cadeia Pública de Boa Vista onde permanecerá à disposição da Justiça.



Quadrilha é presa acusada de golpes em supermercados - Diário do Vale, Volta Redonda


Presa ontem à noite por policiais militares uma quadrilha de oito pessoas suposta de, em poucos dias, ter dado um prejuízo de quase R$ 4 mil em supermercados da cidade. O golpe seria feito da seguinte forma: antes que o caixa recusasse o cartão de crédito que quatro mulheres - entre elas uma menor - que formavam o bando apresentavam, outros quatro homens rapidamente levavam as compras para o Logus prata, placa LJC-4787, e para o Kadett prata LHW-8504, estacionados na porta. As mulheres corriam e entravam nos carros deixando os cartões para trás. A prisão ocorreu na loja do Supermercado Floresta da Rua 207 pelo soldado-PM Alexandre de Oliveira, que estava de folga e à paisana fazendo compras. - Observei um movimento estranho das mulheres indo e voltando nos carros. Nisso, uma delas discutia com a moça do caixa. Dei voz de prisão, pedi apoio, que logo chegou uma guarnição e recolheu a quadrilha - disse o PM. O total da compra foi de R$ 585 entre carne, carvão, uísque e outras mercadorias. A loja do Floresta de Barra Mansa levou um prejuízo de R$ 296 e a Três Rios R$ 655. Nos carros havia também grande quantidade de sacolas de compra do Sendas, Avanço e Royal que, até às 22 horas, não enviaram representantes à 93 DP para registrar queixa contra a quadrilha. Os indiciados são Anderson Nunes, de 23 anos, Alípio Antônio de Oliveira (27, Bruno Fontana Teixeira (20), Rildo Souza da Costa (24), Sheila Barbosa de Souza (33), Rosemere Xavier Gomes (47), Viviane Gomes de Oliveira (19) e F.O.F. (15), todos moradores na Vila Kennedy, Campo Grande e Nova Iguaçu. Os veículos apreendidos eram emprestados e nada havia de irregular no cadastro do Detran. No entanto, os policiais acreditam que os integrantes do bando preso poderiam estar ligados à organização criminosa Comando Vermelho, que domina, principalmente, a Vila Kennedy. O depoimento dos envolvidos começou após as 22 horas, ao mesmo tempo em que era consultado se eles tinham fichas criminais.

Quarta-feira, Setembro 24, 2003



Estudante é morto a facadas no CDP 2 - O Liberal, Belém

A dona-de-casa Raimunda de Souza Veloso, 51 anos, residente no conjunto CDP 2, quadra 41, nº 22, em Val-de-Cães, acusou o homem conhecido como ¿Vampirinho¿ de ter assassinado covardemente seu filho Kleiton de Souza Veloso, 20 anos, estudante, com várias facadas, fugindo em seguida. Raimunda contou que por volta das 20 horas do último domingo, a vítima encontrava-se numa roda de amigos na praça do CDP, quando apareceu ¿Vampirinho¿, que seria viciado em drogas e que reside na quadra 41, o qual passou a discutir com seu filho por motivos desconhecidos. Em dado momento, aproveitando Kleiton estar distraído, o criminoso sacou de uma faca peixeira que trazia por baixo da camisa e atingiu Kleiton à altura do abdomen, esviscerando-o. O estudante foi levado ao Pronto-Socorro Municipal (PSM), onde chegou morto.
Outro crime - Procedente do municipio de Curuçá, gravemente baleado, faleceu no PSM o pescador Pedro Paulo dos Santos,17 anos. Conforme contou a tia da vítima, Maricelma Ferreira da Conceição, 26 anos, residente no município de Curuçá, seu sobrinho Pedro Paulo, por volta das 3 horas da madrugada do último domingo, estava participando de uma festa, antes do Cirio de Curuçá, em companhia de seu amigo José Carlos, quando houve um desentendimento entre eles e um desconhecidio, que tambem estava na festa.Foi quando José Paulo saiu correndo do interior da sede, perseguido de perto pelo desconhecido, que passou a fazer disparos, matando José Paulo com um tiro no abdomen e ferindo tambem gravemente seu colega José Carlos, baleado no braço direito. O criminoso fugiu e não apareceu um policial para prendê-lo.
Terceiro - Lindomar Fernandes dos Santos, 26 anos, serrador, residente em Paragominas, comunicou à investigadora Ana Cristina, de plantão na Unidade Policial de Crimes Violentos, que seu irmão Gilmar Fernandes dos Santos, 20 anos, quando saia de uma festa, foi agredido com várias terçadadas na cabeça e na nuca, desconhecendo o autor da agressão e os motivos.
O rapaz foi levado ao PSM, onde, por volta das 22h30 de anteontem, veio a falecer.



Polícia estoura cativeiro - O Povo, Ceará


A polícia estourou, ontem ao meio-dia, um cativeiro onde estavam os comerciantes amazonenses José Carlos de Almeida Ordones, 31, e Melendro Pis Cavalcante, que foram seqüestrados na tarde da última sexta-feira e ficaram mais de 72 horas amarrados com correntes nos pés e nas mãos, sem comida e sofrendo agressões físicas. Três homens acusados do seqüestro foram presos e dois conseguiram fugir. Os policias foram recebidos à bala pelos seqüestradores em uma casa, nº 1.240, na rua sete, em Alto Alegre, Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Outro acusado foi capturado, horas depois no Papicu. O valor do resgate era 10 mil reais e deveria ser pago ontem. Os seqüestradores presos na casa são Maurício Monteiro, Francisco Lucinaldo Costa Alves e Francisco Alexssander , o ''Alex Binda''. O quarto seqüestrador, Leonardo Negão, foi preso em um prédio comercial no Papicu. Duas mulheres de iniciais N.L.A. e A.J.B. que estavam na casa, foram levadas para acareações. Após denúncias anônimas, duas viaturas da polícia chegaram ao local do cativeiro e foram recebidas à bala e pediram reforço. Com o apoio do Gate e da Polícia Civil, os policiais entraram na casa e efetuaram as prisões e libertaram os comerciantes. Os acusados foram presos em flagrante e vão ser enquadrados nos crimes de extorsão mediante seqüestro e prática de tortura e estão detidos na Delegacia de Roubos e Furtos. As vítimas foram liberadas depois de prestarem depoimentos.

Segunda-feira, Setembro 22, 2003



Irmão mata irmão na Vila da Paz - Meio Norte, Piauí

O estudante Mário Josemo da Silva Sousa, de 20 anos, foi assassinado com uma facada na barriga, aplicada pelo próprio irmão, o menor J.D.S.S., de 16 anos, que foi detido. Segundo a polícia, o crime aconteceu quando Mário tentou bater em sua mãe e o menor a defendeu. De acordo com informações do chefe de plantão do 10º Distrito Policial (Vila da Paz), Antônio Carlos Gomes, o crime aconteceu por volta de 1h de ontem, na casa dos irmãos, localizada na Rua Projetada, na Vila da Paz. Segundo Antônio Carlos, Mário havia chegado em sua casa bastante embriagado e sob efeito de drogas, por isso começou a discutir com familiares, que reclamaram do seu estado de embriaguez. Mário, segundo o policial, tentou agredir a mãe, mas foi impedido pelo menor. O estudante, irritado com a atitude do irmão, sacou uma faca e procurou atingi-lo, mas o adolescente conseguiu desarmá-lo e aplicar uma facada em sua barriga. Mário ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do Hospital Getúlio Vargas. O corpo dele foi levado para o Instituto de Medicina Legal, onde foi examinado, e em seguida liberado para o seu sepultamento. O menor, autor do crime, foi detido por policiais do 10º DP, quando ainda se encontrava em sua casa. Os policiais fizeram o registro do auto de apreensão em flagrante do adolescente e depois o encaminharam para a Delegacia do Menor, onde deverá aguardar uma decisão judicial.



...não dividiu a cachaça...

Homem é morto dentro de igreja - Meio Norte, Piauí


Nossa Sra. das Dores - Miguel e Carlos eram amigos de longas datas e costumavam ficar no pátio da Igreja bebendo em companhia de outros desocupados. Os dois iniciaram uma discussão, após se desentenderem por uma dose de cachaça.
O mendigo Carlos Alberto de Sousa, de 31 anos, morreu dentro da Igreja de Nossa Senhora das Dores, Centro de Teresina, depois de receber uma facada de seu amigo, conhecido como Miguel Cobra, que está foragido. Segundo testemunhas, o crime aconteceu após uma discussão por causa de uma dose de cachaça. Segundo informaram testemunhas, o crime aconteceu por volta das 10 h de ontem, quando vítima e acusado se encontravam bebendo no pátio da Igreja das Dores. Miguel e Carlos eram amigos de longas datas e costumavam ficar no pátio da Igreja bebendo em companhia de outros desocupados. Os dois iniciaram uma discussão, após se desentenderem por uma dose de cachaça. Vítima e acusado terminaram trocando agresões, sendo que Miguel sacou uma faca e correu em direção ao rival, que cuidou de fugir, mas foi alcançado alguns metros depois, já na porta da Igreja. Carlos foi atingido com uma facada no peito, caindo próximo do altar principal da Igreja, onde acabou morrendo. O crime chocou os fiéis, que haviam participado de uma celebração, minutos antes, e ainda permaneciam no templo. iguel, ao perceber que havia atingido o companheiro, cuidou de fugir e até o final da tarde de ontem ainda não tinha sido localizado pelos policiais, que estiveram no local do crime. corpo de Carlos foi levado para o Instituto de Medicina Legal, onde foi examinado, e em seguida liberado para o seu sepultamento. A mãe de Carlos, Maria Carmelita de Sousa, disse que o filho vivia pelas ruas da cidade há cinco anos. ¿Eu sempre dava conselhos para deixar essa vida de ficar bebendo por aí, mas ele não me ouvia. Agora é tarde, pois ele morreu¿, lamentou Maria Carmelita. (J.S.)



Menina de 12 anos é morta a pauladas em Nortelândia - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

Foi encontrada morta ontem pela manhã, uma menina de 12 anos, possivelmente a pauladas, no Assentamento São Francisco, a cerca de 13 Km da cidade de Nortelândia. A garota teria saído de casa por volta das 05:30 da manhã, para pegar o ônibus que a levaria para escola e teria sido assassinada ainda dentro da propriedade do pai. Dois homens teriam ido até a casa do pai avisar que ela teria sido encontrada morta. A família ainda a levou para o hospital, mas já teria chegado sem vida. O delegado da Polícia Civil de Nortelândia, Sérgio Medeiros, informou por telefone, que prendeu dois suspeitos de terem assassinado a menor B.S.S de 11 anos, a pauladas no Assentamento São Francisco. Os rapazes detidos são os mesmos que foram avisar a família que o corpo da menor foi encontrado caído nas proximidades da propriedade. O corpo de B.S.S foi encaminhado para exame de necropsia no município de Diamantino, só depois de emitido o laudo médico, o delegado vai divulgar se houve tentativa de estupro ou não. A principio de acordo com as primeiras informações ela não teria sido estuprada. O crime bárbaro chocou a população de Nortelândia e o Assentamento São Francisco, onde estão assentadas 70 famílias.



Ex não aceita separação e agride mulher - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

A Polícia Militar foi acionada na noite de ontem para atender a um caso de lesão corporal envolvendo a vítima Nilza de Souza Soares (28) e o acusado Valdir Aparecido Soares (37) na rua 13 da Vila Esmeralda. Segundo informações constantes no Boletim de Ocorrências da PM, Valdir aparentemente embriagado, agrediu Nilza na cabeça e tórax, sendo que em consequência disso, ela veio a sangrar pelo nariz. O motivo, segundo informado por ela, é o fato de Valdir não aceitar a separação. A Polícia realizou rondas na localidade, porém não encontrou o acusado.


Sexta-feira, Setembro 19, 2003



Agricultor fere ex-mulher com 2 tiros e dá coronhadas em vizinha - Correio da Paraíba

Campina Grande - A polícia do município de Sousa, no Alto Sertão paraibano, está tentando capturar o agricultor Raimundo Luiz de Sousa, conhecido popularmente como "Mocó", por tentativa de homicídio. Armado com um revólver, ele invadiu a casa da sua ex-mulher, Márcia Maria Maia, 24, e lhe feriu com dois tiros de revólver. O crime aconteceu na tarde de anteontem, às 17h30, e o motivo estaria relacionado com ciúmes. A vítima está internada na UTI do Hospital Antônio Targino. O agricultor feriu ainda com coronhadas a vizinha da sua ex-esposa, a aposentada Artemísia da Silva, 72, que presenciou toda a ação. De acordo com informações da polícia, o acusado invadiu a casa de Márcia Maria e começou a atirar. Um dos disparos atingiu o pescoço da mulher, que fugiu em direção à casa da vizinha. "Mocó" a seguiu e ainda disparou mais duas vezes, desta vez a atingindo pelas costas. Segundo a delegada Francinete Bezerra Rosas, que instaurou inquérito para apurar o caso, a vítima somente conseguiu sobreviver porque, mesmo ferida com dois tiros, ainda conseguiu se refugiar na casa da vizinha, que foi ferida com coronhadas de revólver em represália por chamar a polícia e tentar salvar a vida de Márcia Maria. O motivo do crime estaria relacionado com ciúmes. Há um mês a mulher deixou Raimundo Luiz por não aceitar seu temperamento agressivo. Ele, por sua vez, não se conformou com a separação. Depois disso o acusado fugiu e a polícia desde então está realizando diligências na tentativa de capturá-lo. Ele está sendo indiciado por crimes de tentativa de homicídio e lesão corporal. Alguns projéteis foram colhidos nas paredes das duas casas e foram anexados ao inquérito. Até o final da tarde de ontem a dona-de-casa Márcia Maria ainda estava internada na Unidade de Terapia Intensiva. Seu estado de saúde é considerado regular.



Mulher degolada perto de delegacia - O Dia, RJ
Uma moradora de rua foi assassinada ontem de madrugada em frente ao número 164 da Rua Bambina, em Botafogo, a aproximadamente 50 metros da 10ª DP (Botafogo). Ela foi degolada com uma faca, deixada na calçada pelo assassino, que fugiu. Perto do corpo, havia um carrinho de supermercado com roupas, um cobertor, panelas e uma certidão de nascimento em nome de Célia Pereira da Silva, 49 anos, que, segundo a polícia, poderia ser da mulher.
Morto a facada durante briga
Um adolescente de aproximadamente 15 anos morreu depois de ser esfaqueado no peito durante uma briga, ontem à tarde, perto dos Arcos da Lapa. O assassino, segundo testemunhas, é um menor de rua. A vítima, que seria moradora do Morro do Turano, no Rio Comprido, ainda foi levada para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiu ao ferimento. Um homem não-identificado também teria sido ferido na confusão.
Melhora estado de aposentado
Baleado no peito quarta-feira em Bancários, na Ilha do Governador, durante tiroteio entre policiais militares e bandidos que tinham assaltado um ferro-velho, o advogado aposentado Euter Machado Ribeiro, 62 anos, não corre mais risco de morrer. Ele foi operado no Hospital Paulino Werneck e transferido para o Hospital Universitário Clementino Fraga, onde permanece em observação. Policiais da 37ª DP (Ilha) não têm pistas dos bandidos.
Dois presos ao roubar passageiros
Policiais do 7º BPM (São Gonçalo) prenderam em flagrante, quarta-feira à noite, Tony Gomes Costa, 24 anos, e Paulo Roberto Gomes da Silva, 21. Eles foram pegos assaltando passageiros da van placa GXA-5190 na Rodovia Amaral Peixoto, altura do bairro Laranjal, em São Gonçalo. A dupla, que usava um revólver calibre 38, estava com jóias e dinheiro dos passageiros. Os bandidos tentaram subornar os PMs, sem sucesso, oferecendo um Escort ano 1986.
Foragido capturado em Bento Ribeiro
Policiais da Delegacia de Capturas-Oeste (DC-Oeste) prenderam ontem à tarde, em Bento Ribeiro, o falso pastor Enilton Marcos Lepaus, 31 anos, foragido desde 1998 de presídio no Espírito Santo. Os policiais cumpriram mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de São Gonçalo, onde o acusado responde por roubo qualificado. Enilton foi preso na casa 3 do número 140 da Rua Portão Vermelho. O falso pastor atuava na igreja Assembléia de Deus de Bento Ribeiro.
Coronel ferido ao reagir a assalto
O coronel do Corpo de Bombeiros Euclides da Silva Paranhos foi baleado no ombro esquerdo, quarta-feira à noite, na Rua Carolina Amado, em Irajá. Ele foi vítima de uma tentativa de assalto em frente ao número 280, mas reagiu e acabou ferido. O assaltante estava armado com uma pistola e exigiu que Euclides entregasse seu dinheiro. O militar foi internado no Hospital do Corpo de Bombeiros, no Rio Comprido.
Denunciado à polícia pela própria família
O auxiliar administrativo Guilherme Aires Silva Pocel, 36 anos ¿ preso quarta-feira à noite sob acusação de matar a namorada, Elisângela da Silva Macedo, 27, dia 2 ¿, foi denunciado à polícia pela própria família, através de carta anônima. De acordo com a Polícia Civil, Guilherme é viciado e matou Elisângela usando um cinto para asfixiá-la, porque ela não queria lhe dar dinheiro para comprar drogas. O acusado foi preso em casa, no Condomínio Alfa Barra, na Avenida Ayrton Senna, Barra da Tijuca.
Polícia prende estelionatária na Penha
Rosenari Rosa Costa, a Rose, 43 anos, foi presa ontem, por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos, sob acusação de usar documentos e cheques falsificados. Ela foi flagrada num posto de gasolina na Penha, onde pagava a mensalidade de um estacionamento com talão falso. Rosenari, autuada em flagrante, já foi presa outras três vezes. Segundo ela, os documentos lhe foram entregues por um homem chamado Adalberto, que trabalha numa agência de carros na Avenida Marechal Rondon.
Bandidos matam PM e ferem outro
Um policial militar morreu e outro ficou ferido em troca de tiros no final da noite de ontem, em Quintino Bocaiúva, por ocupantes de um Tipo cinza placa KNA-0222. Eles foram levados para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, onde o soldado Sthefan dos Santos Gomes, do 6º BPM, morreu e seu primo, Marcos Vieira de Souza, Sargento Falco, da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS) até o final da noite era operado.


Quinta-feira, Setembro 18, 2003



Policial embriagado provoca tiroteio em ônibus no bairro Cristo Rei - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

Ao entrar embriagado num ônibus da linha Jaime Campos/Centro, o policial civil Genésio Leite Moreira, de 57 anos, tentou briga com o motorista e passageiros, mas acabou baleado no braço. É que no veículo viajava o policial militar Wenderson Reiners, de 22 anos, que ao render o passageiro armado, teve que atirar para desarmá-lo. Ao levá-lo ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), é que o militar descobriu que se tratava de outro policial. Os dois foram ouvidos na Delegacia Metropolitana da Capital e as duas armas ¿ tanto do policial civil como do militar ¿ foram apreendidas. O caso será investigado pela Corregedoria Geral da Polícia Civil.



Engenheiro civil é detido após fazer sexo oral e não pagar a conta com garoto de programa - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

O engenheiro civil R.J.S., de 49 anos, foi detido ontem à noite por policiais militares a pedido do garoto de programa E.S., de 23 anos. É que o engenheiro foi acusado de fazer um programa envolvendo sexo oral e não quis pagar o valor combinado. Revoltado, o garoto de programa pegou a carteira do engenheiro e retirou R$ 10,00. R.J., então, se passou por vítima acusando o jovem de furto. O programa aconteceu atrás de uma casa desocupada, na avenida General Melo, em Cuiabá, próximo de um carrinho de lanches. Na Delegacia Metropolitana da Capital, o engenheiro admitiu ter feito sexo oral com o rapaz, mas queria pagar apenas um sanduíche. Mas a proposta não foi aceita. No início desta madrugada, os dois foram liberados.


Quarta-feira, Setembro 17, 2003


...ela deitou antes do trem passar...

CBTU registra quatro mortes em linhas férreas de Natal nos primeiros nove meses de 2003 - O Jornal de Hoje, RN

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), seccional do Rio Grande do Norte, registrou, na manhã de hoje, o quatro acidente deste ano envolvendo suas composições no Estado. Uma mulher, não identificada até o fechamento dessa edição, deitou-se no trilho no momento em que o trem que fazia a linha Ceará-Mirim/Natal passava. O incidente aconteceu às 6h20, no trecho da linha férrea que corta o bairro das Quintas, zona Oeste da capital, ao lado da rua Rio Potengi. O pescador Paulo César Silvestre da Silva, 32 anos, testemunhou o momento em que a mulher se deitou na linha. ¿Desde ontem à noite ela, que não é conhecida de ninguém do bairro, estava andando pela linha. Pouco antes do incidente, cheguei a conversar com ela e pedi que se afastasse para evitar qualquer acidente. Quando o trem se aproximou, ela se deitou no trilho e eu não pude fazer nada¿, lamenta o pescador.
O corpo de mulher foi arrastado por 109 metros. Enquanto os peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) recolhiam o que sobrou da vítima, as viagens ligando os municípios de Natal e de Ceará-Mirim foram suspensas. O gerente operacional da CBTU, Jaildo Canela, alegou que o maquinista não teve como evitar a morte da mulher. ¿Foi muito rápido. E, mesmo assim, uma composição com cinco vagões não pode fazer freadas bruscas e repentinas. Se fizesse isso, o maquinista estaria pondo em risco a vida de quase dois mil passageiros¿, falou. Jaildo Canela informou que a diretoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos no RN tem um projeto para murar alguns trechos considerados críticos pela empresa. ¿E um desses locais seria justamente este, próximo à ponte de Igapó¿, falou. ¿E também é sabido por todos que, por falta de pessoal, o policiamento ferroviário é falho¿, completou. Mesmo assim, seria difícil que a CBTU evitasse incidentes como o de hoje de manhã. ¿Se o local fosse murado, o máximo que iria acontecer era a dificuldade dele em chegar ao trilho. Depois, ela poderia agir da mesma forma como agiu¿, ponderou Jaildo Canela. O diretor informou o número de telefone para informações sobre atitudes suspeitas perto das linhas: 211-0818. O fato foi registrado no 7º Distrito Policial, das Quintas.



a cunhada 14 anos, e "L.L.S estava com sintomas de mulher gestante "...


Lavrador que estuprou a cunhada é indiciado - O Dia, Teresina, Piauí

A delegada de José de Freitas, Elenita Carvalho, está concluindo o inquérito sobre o estupro praticado pelo lavrador identificado por Antônio Luís, casado, pai de cinco filhos menores. Ele é acusado de ter estuprado a sua própria cunhada de 14 anos, de iniciais L.L.S, que reside na localidade Jacaré, naquele Município. A denúncia foi feita pelo pai adotivo da menor, Francisco Florindo dos Santos, de quem Antônio Luís é genro, e pelo pai legítimo, Antônio Rodrigues dos Santos. O caso abalou toda a família e o acusado terminou saindo de casa. Francisco Florindo disse que sua mulher, Joaquina Ribeiro da Silva Santos, há 20 dias, quando tomou conhecimento de que sua filha, de 14 anos, havia sido estuprada pelo seu próprio genro, não se alimentou mais e teve que ser levada para o Hospital Nossa Senhora do Livramento, onde foi medicada. O acusado Antônio é casado com Maria Inês da Silva Santos, que é irmã adotiva da vítima. Florindo relatou à reportagem de O DIA que a menor L.L.S afirmou que Antônio Luís lhe violentou em sua própria casa, na comunidade Jacaré. A família somente descobriu o caso agora, depois que L.L.S estava com sintomas de mulher gestante. A garota foi levada para uma consulta médica em Teresina, quando então teria sido constatado que ela estaria grávida de aproximadamente 5 meses. A menor, após conversar com a mãe e as irmãs, resolveu abrir o jogo, dizendo que Antônio Luís teria mantido relação sexual com ela à força. Por sua vez, Antônio Luís garante que não foi ele quem violentou a adolescente. O acusado já saiu da localidade Jacaré e se encontra com seus pais na comunidade São Joaquim, no Município de União.
O lavrador Antônio Rodrigues dos Santos, pai legítimo da menor, disse que quer ver o acusado do estupro de sua filha na cadeia. Ele garante que toda a comunidade Jacaré está revoltada com o ocorrido. Esse caso está sendo acompanhado pela Conselheira Tutelar, Antônia Amado da Rocha, a Neguinha Rocha, que fez a denúncia do grande número de prostituição infantil e de pedofilia, em José de Freitas. Foi condenado recentemente, pela juíza Rosa Leal, o lavrador Antônio Paulo, que há seis meses estuprou naquele Município uma menor de 14 anos de idade. O réu está recolhido em uma das celas da Delegacia de José de Freitas, aguardando ser transferido para a Penitenciária Mista, em Parnaíba, onde vai cumprir a pena.



..na hora acabou o fósforo..

Mulher torturada, violentada e morta - O Impacto, Pará

O caso ainda é um mistério no município de Novo Progresso. Às proximidades da sede municipal, a comunidade de Riozinho das Arraias ficou chocada com a morte de Verônica Alves Trindade, 48. Ela foi seqüestrada, violentada e torturada até a morte. Depois de toda a barbárie praticada contra a vítima, os elementos ainda tentaram atear fogo ao corpo de Verônica, que só foi encontrado dois dias depois do assassinato, abandonado às margens de um caminho, em local ermo. De acordo com o primeiro levantamento feito pela polícia em Novo Progresso, o caso ficou na obscuridade por quase dez dias, sendo comunicado somente no dia 19 de agosto (terça-feira). O crime estava sob a investigação de policiais lotados no destacamento de Moraes de Almeida, mas não houve avanço nos levantamentos feitos pela Polícia. Concluiu-se, já com o avançar do tempo, que Verônica foi apanhada à força por mais de dois elementos. Depois de seqüestrada, ela foi vítima de cruel espancamento, alternado com violência sexual. Depois, já inconsciente, a mulher teria sido novamente espancada com pedaços de pau e sofrido violentos e profundos golpes de terçado, morrendo em conseqüência dos ferimentos. Há sinais de queimaduras por todo o corpo, em especial na cabeça, por onde os bandidos teriam tentado queimar a vítima, possivelmente para ocultar evidências. Ao todo, Verônica sofreu 37 facadas pelo corpo, além de vários golpes de uma outra arma. Evidências - Indícios da identidade de quem teria acometido o crime já estão em poder da polícia, que prefere omitir nomes. Por enquanto, as investigações transcorrem, por força do trabalho policial, sob acompanhamento de parentes e amigos de Verônica. Em Novo Progresso, alguns amigos dela contaram que o corpo foi localizado no mesmo dia e o caso foi comunicado à policia em Moraes de Almeida, mas, em vista do fracasso nas primeiras investigações, foi mais viável trazer as informações diretamente à polícia em Novo Progresso.



Lavador do Rio de Janeiro morre esmagado - O Impacto, Pará



Odmilson de Souza Rodrigues, 23, foi vítima de um inusitado acidente, ocorrido por volta das 13h de quinta-feira (11). Ele trabalhava no Lava Jato do Posto Nossaterra, no cruzamento da avenida Crisântemo com a Anysio Chaves, Aeroporto Velho. No início do segundo expediente de ontem, Odmilson e um colega de trabalho receberam uma caminhonete Toyota modelo Hi-Lux para ser lavada. O carro deveria ser colocado em cima do dique de lavagem, para que o trabalho fosse iniciado. Odmilson ficou do lado de fora, ¿balizando¿ a manobra. Ocorre que, segundo testemunhas, o rapaz que estava ao volante era inexperiente. ¿Ele passou direto, com tudo, e prensou o rapaz contra a parede¿, conta uma testemunha. Odmilson morreu na hora, vítima de esmagamento. Odmilson de Souza Rodrigues era da cidade de São Gonçalo (RJ). Ele estava em Santarém já há algum tempo, para onde veio em busca de trabalho. Não foi informado à reportagem se há algum parente da vítima na cidade. Ele completaria 24 anos no dia 11 de novembro deste ano. Com a intenção de passar o restante de 2003 com a família, o rapaz planejava viajar hoje para o Rio de Janeiro. Colegas de trabalho e pessoas que conheciam Odmilson disseram que ele era o tipo quieto, não tinha inimigos e sempre se dedicava ao trabalho. O corpo do rapaz foi removido por peritos do Centro de Perícias Científicas (CPC) do Instituto Renato Chaves (IRC), e submetido a exame de necrópsia, sendo liberado em seguida.



Assassinado ao regressar para casa - Folha de Pernamabuco

Poucos minutos após sair de uma festa, o estudante B.M.B., 16 anos, foi assassinado, na noite do último domingo. Ele estava retornando para sua residência, no bairro da Imbiribeira, quando os bandidos, não-identificados, o surpreenderam na rua Santa Flora, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes. O crime aconteceu por volta das 21h30. Segundo um amigo da vítima, B. havia saído da festa acompanhado de outro amigo, que também teria sido baleado. A informação, porém, não foi confirmada pela Delegacia de Prazeres. O adolescente R.J.P., 17, estava com a vítima na festa, realizada no Clube Intermunicipal. ¿Ele foi embora com outro amigo nosso. Quando a gente saiu, uma pessoa disse que ele tinha sido baleado e que tinha morrido. Fomos procurar e encontramos ele aqui¿, contou R., que também é estudante. ¿Ele (B.) nunca arrumou confusão. A vida dele era jogar bola. Não sei como isso pode ter acontecido¿, atestou. Para ele, o amigo foi vítima de um assalto. ¿Levaram o chapéu e a carteira dele¿. R. disse ainda que a pessoa que acompanhava a vítima também fora baleado no incidente, informação não confirmada pela delegacia. Para o soldado da Polícia Militar (PM) Severino Ramos de Albuquerque, a hipótese de assalto é a mais consistente, mas ¿somente com as investigações da Polícia Civil será possível chegar a uma conclusão¿.



Estofador é exterminado em Paulista - Folha de Pernambuco

Um dia após chegar do interior do Estado, o estofador Saulo Ramos da Costa, 22, foi assassinado com três tiros na cabeça. O crime aconteceu na rua 104-A, em Jardim Maranguape, Paulista, por volta das 23h. De acordo com um parente da vítima, Saulo residia na cidade de Surubim, localizada no agreste pernambucano, a 143 quilômetros do Recife, e estava num centro de reabilitação por enfrentar problemas de alcoolismo. Os motivos do crime ainda são desconhecidos. ¿Foi uma execução. Encontramos três cápsulas de bala no local. Os bandidos usaram uma pistola para praticar o crime. Por enquanto, é só o que sabemos¿, constatou o soldado da Polícia Militar (PM) Everaldo Brito da Silva. Segundo ele, os vizinhos não deram nenhuma informação referente ao homicídio. Uma moradora do local, que pediu para não ser identificada, no entanto, afirmou ter escutado os disparos. Sem tecer mais comentários sobre o homicídio, ela apontou a falta de segurança como um dos principais problemas do bairro. Tio de Saulo, o mecânico Pedro Manoel, 58, desconhece qualquer fator que possa ter motivado a morte do estofador. ¿O único problema dele era com a cachaça, mas nunca se meteu em nada de errado por causa disso. Nunca trouxe problemas para nós. Era uma pessoa boa para toda a família¿, destacou, acrescentando que Saulo vinha fazendo um tratamento em um centro de reabilitação na cidade de Surubim. O crime será investigado pela Delegacia do Paulista.



Adolescentes executados a tiros - Folha de Pernambuco

Dois adolescentes foram executados, na madrugada de ontem, na 1ª Travessa Joaquim Nabuco, em Cidade Tabajara, Olinda. E.V.F., 17, e R.L.S., 16, morreram com pelo menos três tiros cada, todos na cabeça. Os corpos estavam num terreno onde está sendo construído um galpão. No momento do crime, por volta de 2h, uma viatura da Polícia Militar (PM) estava passando próximo ao local, mas não conseguiu encontrar os criminosos. ¿A gente estava fazendo uma ronda normal. Quando passávamos pela avenida Joaquim Nabuco, escutamos o barulho dos tiros. Entramos na travessa e nos deparamos com os cadáveres¿, contou o sargento Emanuel Joel. De acordo com ele, por ser um terreno aberto e muito escuro, não foi possível capturar os assassinos. ¿Escutei, pelo menos, seis disparos. As pessoas devem ter matado e corrido, por isso não conseguimos prendê-los. Aqui na vizinhança também ninguém fala nada sobre o assunto, com receio de que aconteça alguma coisa¿, completou. Nenhum objeto foi roubado dos dois, o que, para o sargento, anula a hipótese de assalto. ¿Um deles está com a roupa abaixada. Os assassinos devem ter humilhado ele antes. As características são de uma execução¿, comentou o policial. O caso será investigado pela Delegacia de Olinda. Ainda não existem pistas de suspeitos e motivos para o duplo homicídio.


Domingo, Setembro 14, 2003



Estuprador reconhecido após atacar mãe e filha - Estado de Minas

Foi preso na manhã de ontem, em Santa Luzia, região metropolitana da capital, um homem suspeito estuprar mais de dez mulheres, moradoras dos bairros Palmital e Conjunto Cristina, desde junho deste ano. Claudinei Ferreira de Souza, de 19 anos, nega que tenha cometido os crimes, mas foi reconhecido por duas mulheres, mãe e filha, depois de invadir a casa em que moravam, ameaçá-las com uma faca e tentar violentá-las. Eram 4h quando J.G.O., de 18, acordou com um homem em seu quarto, de acordo com o depoimento da vítima ao delegado de plantão no 1º DP do Palmital, Jorge de Souza Filho. ¿Mas a mãe dela, C.G.O., de 51, acordou. Quando acendeu a luz, deu de cara com o criminoso. Ele a ameaçou, mas ela correu e gritou, o que fez com que seu filho, morador da casa ao lado, fosse socorrê-la¿, informou o delegado. O suspeito fugiu. As vítimas prestaram queixa e a Polícia Militar prendeu Claudinei às 9h, na avenida Joaquim Rodrigues da Rocha, no Conjunto Cristina. Ele foi encaminhado para o 1º DP e autuado em flagrante, depois de ser reconhecido pelas duas mulheres. O delegado informou que C.G.O. não teve dúvidas ao fazer o reconhecimento. ¿Ela disse que, ao acender a luz do quarto, pode vê-lo de frente. Já a filha reconheceu sua voz¿, explica. Desde 29 de junho, várias ocorrências de estupro e tentativas foram registradas pela PM na região. ¿Ainda não podemos afirmar que o Claudinei cometeu todos os atos, mas, pelo depoimento das vítimas, a forma usada pelo criminoso para ameaçá-las foi a mesma. O estuprador com uma faca as amedrontava e dizia que havia um comparsa do lado de fora da casa¿, afirma Souza Filho. O delegado informou que vai encaminhar o caso para a Delegacia de Mulheres, para que as outras vítimas sejam chamadas a fim de fazer o reconhecimento. Claudinei nega que seja o estuprador e garante que às 4h estava no Centro da cidade.


Sábado, Setembro 13, 2003



Rapaz praticou assassinato porque aceitou ser estuprado por pedreiro - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

Os policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esclareceram o assassinato do pedreiro Pedro Rodrigues Araújo, de 47 anos, ocorrido no último domingo. Eles prenderam nesta manhã, numa gleba na Serra de São Vicente, o jovem Regivaldo Valentim Miranda, de 18 anos. O jovem disse que praticou o crime para se defender do ataque da vítima que queria violenta-lo sexualmente. Regivaldo explicou que estava na residência do pedreiro em companhia de outras pessoas. Mas quando ficaram só os dois, Pedro teria tentado agarra-lo e violenta-lo sexualmente. O jovem conseguiu escapar e retornou com uma faca e acertou vários golpes. Pedro morreu na rede. Após o crime, o jovem fugiu, escondendo a faca nas proximidades de sua casa, num bairro próximo. Ele foi se esconder na casa de parentes, numa gleba na região da Serra de São Vicente.



Homen é preso em Lucas do Rio Verde acusado de estuprar a própria filha - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

A Polícia Civil de Lucas do Rio Verde prendeu ontem, J.C.L.L., 49, acusado de estuprar a própria filha, R.S.L., de 15 anos. O caso só foi descoberto graças a um bilhete deixado embaixo da porta da delegacia, provavelmente, escrito por uma colega de escola de R.S., que denunciava o estupro. Segundo o delegado municipal, Flávio Stringuetta, antes de prender o acusado, a polícia foi até a escola onde a menina estudava, acompanhada da mãe da garota e do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, e fizeram os exames que comprovaram o estupro. Na delegacia R.S. disse que os abusos vêm acontecendo há seis anos e a primeira vez aconteceu quando ela tinha 9 anos. ¿Ela nos contou que o pai à aliciava desde os sete anos¿, disse Stringuetta. Ao prendê-lo, o delegado disse que J.C. não negou o crime. ¿Quando o prendemos perguntamos a ele se sabia do que estava sendo acusado, ele respondeu que não mas quando falei o que era o crime, ele abaixou a cabeça e começou a contar tudo¿, relatou o delegado, ao Só Notícias. ¿Ele disse que fazia isso porque a relação começou a ficar ruim com a mulher e decidiu procurar a filha¿, contou. A mãe da garota disse que não sabia de nada. Além dela, que é a mais velha, o casal tem 5 meninos. As ameaças do pai à filha, segundo o delgado, eram psicológicas. ¿Ela falava para ela que se contasse para alguém, ele iria preso e os irmãos dela iriam passar fome. Então para proteger os irmãos ela se manteve calada o tempo todo¿, contou. J.C.L. está com a prisão temporária decretada e o delegado espera concluir o inquérito em 20 dias para pedir a prisão preventiva do acusado. Conforme Flávio Stringuetta, J.C. ira responder por dois processos estupro e atentado violento ao pudor. A pena pode ser de 6 a 10 anos de reclusão para cada um dos crimes.



Homem é preso por abusar de uma menina de 8 anos em Juscimeira - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

Sebastião Cardoso Santos, 40 anos, foi preso nesta semana pela Polícia de Juscimeira acusado de abuso sexual contra uma criança de 8 anos. A vítima é filha da sua namorada e o crime foi praticado há duas semanas na casa da menor, no bairro Cajus II, quando os dois assistiam televisão na sala. Sebastião nega o crime, mas confirma que freqüentava a casa da menor e que várias vezes praticou sexo com a mãe da criança na casa. Segundo o delegado, Claudinei de Souza Lopes, a prisão preventiva foi decretada pela Justiça e até o momento as evidências confirmam o depoimento da criança. Segundo o delegado a representação demorou a ser feita porque a mãe da criança estava receosa em registrar a queixa e só o fez porque uma tia da criança procurou a delegacia. ¿Acreditamos que a menina esteja falando a verdade, afinal ela não teria porque inventar que o acusado teria colocado a mão por baixo da sua saia e a tocado, além disso tem o irmão dela, de 12 anos, que confirmou que deixou os dois na sala no dia do crime e que logo que o acusado saiu a menina teria contado o ocorrido¿, relata Claudinei.
Onda ¿ De agosto para cá, a delegacia de Juscimeira prendeu três acusados da prática de abuso sexual contra menores no município.



a garota tem problemas mentais

Segurança de supermercado é preso em flagrante após estuprar garota de 16 anos - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

O segurança de supermercado D.C., de 44 anos, foi preso ontem à noite após ser acusado de estuprar a adolescente G.C.F., de 16 anos. A garota, que possui problemas mentais, saiu para ir ao banheiro e como estava demorando, os pais a chamaram pelo serviço de auto-falante. Cerca de 40 minutos depois, ela foi localizada por um vigia que estava no pátio. A garota disse que foi estuprada e apontou D.C. como o autor. Na Delegacia, o funcionário disse que manteve relação sexual, mas não sabia que a garota tinha problemas mentais. O funcionário foi autuado em flagrante por estupro.



Ladrão de ônibus é detido por motorista e surrado por passageiros - Diário da Serra, Tangará da Serra, MT

O assaltante Osvaldino Domingos de Paula, de 20 anos, foi preso no CPA I, quando assaltava um ônibus com vários passageiros. Ele foi detido pelo motorista e pela cobradora que havia sido obrigada a entregar R$ 25,00 em dinheiro. A prisão do assaltante aconteceu, por volta das 20h30min quando o ônibus passava nas proximidades do terminal do CPA. De acordo com o motorista, o assaltante estava armado com uma faca e rendeu a cobradora Valdenice Inácio, de 28 anos que foi obrigada a entregar todo o dinheiro do caixa. O jovem guardou a faca para arrombar o cofre. O motorista aproveitou-se da situação e entrou em luta corporal com o bandido. Alguns passageiros, revoltados com o assalto, ajudaram o motorista a segurar o assaltante. Em seguida, os passageiros agrediram o ladrão acertando murros no rosto, tórax e costas. O bandido foi entregue para policial militares que faziam a ¿Operação Fecha CPA¿. O jovem apresentava sintomas que estava drogado.



a esposa dele tem 14 anos...e um bebê de 5 meses

Braçal leva oito facadas de cunhada - Folha de Boa Vista, Roraima

Segundo registro policial feito pela esposa dele, a adolescente A.S.D., 14, os dois estão separados e tiveram uma discussão. Não aceitando o divórcio, Antônio teria tentado invadir a residência da menor para levar a filha do casal, um bebê de 5 meses.Quando viu a discussão, a irmã da adolescente, conhecida apenas como Vanessa, teria tentado impedir a entrada de Ramos e foi agredida. "Ele empurrou minha irmã e ainda pegou um pedaço de madeira para espancá-la, quando a Vanessa impediu que ele levasse a criança. Uma amiga minha, que estava em casa, pegou uma faca e terminou ferindo Antônio" contou a adolescente à polícia. Antônio Ramos levou oito facadas pelas costas, coxas e braços, sendo socorrido por populares. Ele foi internado no Hospital Geral de Roraima. A família da jovem teme que ele tente se vingar da agressão e pediu proteção à polícia. Vanessa ainda está desaparecida e será intimada a prestar depoimento sobre a acusação. O braçal contou outra versão a polícia. Ele disse que estava conversando com a adolescente quando foi abordado pela cunhada, que o agredira a facadas. O caso será investigado pelos agentes do 4o Distrito Policial.



Corpo de fotógrafo desaparecido no Cauamé é encontrado na orla - Folha de Boa Vista, Roraima


O corpo do fotógrafo César Silva, 26 anos, desaparecido desde domingo, foi encontrado no início da tarde de ontem na obra da orla de Boa Vista, no Centro. Do cadáver sobrou apenas o esqueleto com algumas peças de roupas rasgadas. Com a forte correnteza o corpo ficou preso nas ferragens da obra da orla. Alguns pescadores que estavam no local encontraram o cadáver e chamaram a polícia. Os policiais militares tiveram muita dificuldade em chegar até o cadáver que estava a cerca de 30 metros da margem em uma área de difícil acesso. César vinha sendo procurado por equipes do Corpo de Bombeiros depois de desaparecer nas águas do balneário Cauamé. As equipes de buscas fizeram varreduras no rio, mas não conseguiram encontrá-lo. As buscas se concentraram ao longo do rio até aos balneários Curupira e Polar, mas César não foi localizado. Ele desapareceu enquanto tomava banho acompanhado de vários amigos. Segundo as testemunhas, ele começou a nadar na tentativa de atravessar o rio e ao chegar no meio não resistiu ao cansaço e foi vencido pela correnteza do local. A expectativa era que o corpo de César viesse a emergir logo, mas isso não ocorreu, pelo fato do rio estar cheio e a correnteza forte, dificultando o trabalho de buscas dos mergulhadores. Os amigos informaram que César havia bebido e decidiu atravessar o rio. Ele começou a nadar e ao chegar no meio gritou por socorro. Ainda tentaram alcançá-lo, mas devido à correnteza forte, não conseguiram se aproximar da vítima, que em questão de segundos foi engolido pela água e desapareceu. Segundo os amigos, ele trabalhava como fotógrafo e mora sozinho em Boa Vista.



Policial civil morre preso às ferragens - Folha de Boa Vista, Roraima


O policial civil Adonias Severo de Oliveira, 59 anos, morreu na noite de anteontem em um acidente de trânsito ocorrido na BR-174, em Caracaraí. A vítima foi vereador por duas vezes naquele município e a delegacia ficou fechada em luto a partir de 12 horas de ontem. O policial trabalhava no município de Iracema. Quando ia para casa, em Caracaraí, sofreu o acidente. Ele ficou preso nas ferragens do carro e morreu na hora após seu carro Toyota chocar-se de frente com uma carreta Mercedez Benz. O choque foi frontal após uma tentativa de ultrapassagem perigosa. O caminhão era conduzido por Ivo José de Souza, 31, que fraturou uma rótula e quebrou a perna. Ele é São Paulo e estava fazendo transporte de carga para Boa Vista. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada ao local e retirou as vítimas do acidente. A estrada ficou interditada por várias horas. O acidente aconteceu próximo ao município de Caracaraí, por volta de 20 horas. Segundo a família, Adonias estava saindo de sua fazenda em Iracema e ia para Caracaraí, onde morava.



Operador de bombas é preso por desacato - Diário da Região, SJR Preto, SP

Gisele Bortoleto
O operador de bombas do Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae) de Rio Preto, E.C., 29 anos, foi preso em flagrante, ontem, por volta das 17 horas, suspeito de desacato, resistência e dano. De acordo com o delegado titular do 1º Distrito Policial, Genival Ribeiro Santos, 49, ele foi abordado durante uma operação realizada pelo delegado e três policiais, nas proximidades do reservatório do bairro Redentora. O suspeito entrou no reservatório, se recusou a apresentar documentos, ofendeu os policiais e atirou um tijolo contra eles. Depois disso, ele tentou agredir os policiais e foi algemado. No interior da viatura, ele deu chutes que amassaram a porta. E.C., que não tem antecedentes criminais, foi levado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante e transferido para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde vai ficar à disposição da Justiça. Ele deverá ser transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP).



Adolescente foi esfaqueado por gangue no Jardim Itália - Campo Grandre News

O adolescente A.P.F. foi esfaqueado na madrugada de hoje, por volta da 1h20, por uma gangue quando estava em frente de sua casa, na Rua Benjamin Chadid, 219, no bairro Jardim Itália, em Campo Grande. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, ele foi abordado e, depois de uma discussão, ferido a golpes de facadas nas costas, por integrantes da gangue.



Corpo de bebê encontrado no lixão do Aurá - O Liberal, Belém

Um carro coletor de lixo levou, entre os detritos recolhidos das ruas, o corpo de um bebê, récem-nascido do sexo masculino, aparentando haver nascido no sétimo mês de gestação, que foi deixado no interior do Lixão do Aurá, por volta das 7 horas da manhã de ontem. A imprensa não teve acesso ao local. Horas depois, o corpo do bebê foi removido para o Centro de Perícias ¿Renato Chaves¿. O caso está sendo investigado pelo delegado Aridson Oliveira, da Delegacia do Júlia Seffer. O policial tentou descobrir quem, nas redondezas, teria feito um aborto criminoso, mas não descobriu nada.
Barco assaltado - O marítimo Marcos Vinícius de Souza Nunes, 24 anos, residente no município de Muaná, esteve no Pronto-Socorro Municipal (PSM) para comunicar ao investigador Paulo Vidal o assalto com baleamento que foi vítima o vigilante José Carlos Soares dos Santos, 45 anos, vigilante, residente na rua São Sebastião, Jardim Nova Vida, nº 902, no Coqueiro. O vigilante estava, no início da madrugada de ontem, no Porto Abaeté, na Estrada do 40 horas, onde o barco estava ancorado. De acordo com Marcos Vinícius, por volta de 1 hora da madrugada de ontem, chegaram quatro ¿ratos d¿água¿, todos armados, em uma canoa pequena, para saquear a embarcação. O vigilante se aproximou do barco, sem percecer que estava havendo um assalto, quando foi baleado no rosto por um dos assaltantes, que fugiram sem levar nada. José Carlos permanece em estado gravíssimo no CTI do PSM.



Homem preso acusado de abusar sexualmente de garota de 9 anos - Tribuna da Bahia

Jacson Felix dos Santos, 28 anos, vinha abusando sexualmente de uma criança de apenas nove anos durante os 10 meses que esteve se relacionando com Cristiane Rodrigues Avelino, mãe da menina. T.R.U. e sua mãe haviam se mudado para a casa do acusado na rua Simão Sobral, em Massaranduba, onde a menina era violentada quando Cristiane saía para resolver pendências na rua. Uma vizinha de Cristiane denunciou logo que soube, através de sua filha que ouviu o delito da própria menina que conversava com outra criança. T.R.U. em depoimento a delegada da 3ª Delegacia do Bonfim contou os detalhes da atrocidade que o padrasto já vinha planejando. Jacson durante os primeiros meses de convivência com a menina mostrava-lhe revistas pornográficas e a dizia que faria o mesmo com ela. ¿O poder aquisitivo do povo aqui da Cidade Baixa é muito baixo. A mãe da menina agora vai ser obrigada a voltar a casa do pai. As mulheres muitas vezes acabam se submetendo até o cúmulo de continuar com um companheiro que abusa sexualmente da própria filha por não ter aonde ir. Felizmente não vai ser o caso de Cristine,¿ explicou a delegada titular da DP. A pequena menina de olhos tristes, que completará 10 anos no dia 27 de setembro, ainda muito assustada contou também que às vezes que recusou manter relações com Jacson ele a expulsou de casa. ¿A criança por muito tempo ficou morando na casa de tias e parentes por que o padrasto a expulsava da residência por que ela se recusava a manter relações sexuais com ele¿, afirmou Maria Dirce Ribeiro, delegada titular da 3ª DP.


Sexta-feira, Setembro 12, 2003



Carpinteiro é preso por assediar menina de 8 anos - Folha de Boa Vista, Roraima

O carpinteiro E. M., 57 anos, foi preso em flagrante por agentes da Delegacia de Mulheres, acusado de atentado violento ao pudor contra a menina A.K.S.S., de 8 anos.
Segundo a denúncia feita pela mãe da criança, a menina estava sentada em frente à residência quando E., que mora ao lado, chamou a criança e ofereceu um suco.
"Eu estava chegando do trabalho quando vi minha filha entrar na casa dele. Eu fui atrás e encontrei o homem pelado se esfregando na criança. Fui para cima dele e ele começou a bater mandando a menina correr dali", contou a mãe. A denúncia foi feita na delegacia e os agentes foram atrás do acusado, que foi preso no bairro Bela Vista. A menor contou na delegacia que E. ofereceu um copo de suco a ela e mandou a menina entrar para pegar. "Quando eu estava dentro da casa, ele me obrigou a deitar na cama, baixou minha calcinha e tirou a roupa, se esfregando em mim. Eu chorei e gritei pedindo socorro, mas ele ficou me ameaçando", explicou. O acusado foi flagranteado por atentado violento ao pudor e encaminhado à Cadeia Pública de Boa Vista.



ISSO É CRUEL

Mulher conta como decapitou bebê - O Estado do Maranhão

Imperatriz - A estudante Wiliane Pessoa Silva, de 18 anos, confessou ontem, em depoimento à Polícia Civil, que decapitou K.F.R.S, um menino de apenas 9 meses, crime ocorrido no bairro Nova Imperatriz, na esperança de reatar o namoro e casar-se com Charles Rosal de Oliveira, o pai da criança. Ela negou que tivesse recebido ajuda de alguém no crime.
A acusada prestou depoimento, que demorou mais de cinco horas, na presença de um representante do Ministério Público Estadual. Ela revelou ao delegado Jefrey de Paula Furtado (2º DP), detalhes do crime. ¿O que ela disse foi que o Charles ficava o tempo todo colocando a criança como empecilho à união entre eles, que aparentemente se encontravam com freqüência¿, explicou o delegado. Em outro trecho do depoimento, a mulher revelou que Charles ficou martelando o tempo todo que a criança impedia o namoro, o que fez com que ela tomasse coragem de cometer o crime, que vinha sendo arquitetado há cerca de dois meses.
Tranqüilidade - Aparentemente tranqüila, a jovem confessou que não teve dificuldades para matar a criança. De posse de algumas chaves, entrou na residência e retirou K.F.R.S. do quarto, levando-o para a garagem onde cometeu o crime. Ela revelou que K.F.R.S ainda chegou a chorar e por isso foi asfixiado e decapitado em seguida. Segundo a polícia, Charles vive como solteiro na casa onde mora a mãe da criança, em um quarto, sem que haja relacionamento matrimonial de ambos.
¿Para evitar que as pessoas descobrissem, ela disse que colocou as duas mãos na boca e nariz da criança e a asfixiou. Segundo ela, o menino praticamente já estava morto quando, para sacramentar o crime, pegou uma faca e o decapitou¿, acrescentou o delegado.
Acusada de homicídio qualificado, a estudante poderá pegar de 12 a 30 anos de cadeia, pena que o delegado acredita ser pequena diante da brutalidade do assassinato.
A confissão da autoria do crime não pôs fim ao inquérito policial instaurado para apurar o homicídio. O prazo de conclusão e envio do inquérito à justiça será no próximo dia 17. Apesar da confissão, o delegado disse que não está descartada a possibilidade da estudante ter agido com apoio ou ajuda de alguém.
Passeata - Familiares, amigos e vizinhos da vítima realizaram ontem pela manhã uma manifestação pública para pedir Justiça pelo crime. A passeata, que contou com aproximadamente 300 pessoas, começou em frente à casa da vítima, na rua Manaus, 788, no bairro Nova Imperatriz, e percorreu várias ruas do centro.
Os manifestantes fizeram três paradas estratégicas: em frente à Delegacia Regional de Segurança, Fórum de Justiça e Prefeitura, onde exibiram faixas e cartazes pedindo punição exemplar para a acusada.



...."Já que seu pai não está eu resolvo com você mesmo"....e deixou a faca no peito do sujeito

Comerciante é morto com 7 facadas em Tibiri - Jornal da Paraíba

A Polícia registrou um homicídio por volta das 19 horas da última quarta-feira, no bairro de Tibiri II, em Santa Rita, motivado pela cobrança de um cheque devolvido. O comerciante Wallace Vicente da Silva, 30 anos, foi assassinado com sete facadas, quando estava em seu estabelecimento comercial atendendo às pessoas que faziam compras no momento. O acusado é o eletricista Ronaldo João dos Santos, 32 anos. O crime aconteceu no supermercado Eldorado, localizado na Rua Pombal, 180, de propriedade do pai da vítima. Segundo a Polícia, o eletricista havia feito uma compra no estabelecimento de R$ 549 e pago com um cheque. Um dia após a compra, ele foi ao banco do qual é cliente e pediu o cancelamento do cheque. Dias após o depósito do documento, o comerciante foi informado pelo banco que o cheque havia sido devolvido. Diante disso, Wallace resolveu procurar o eletricista para cobrar o valor devido. Os policiais disseram que não se sabe ao certo o que aconteceu nessa cobrança. Na noite de anteontem, Ronaldo foi até o supermercado e chegou procurando pelo proprietário. Testemunhas relataram à Polícia que a vítima se apresentou e informou ao eletricista que o pai não estava, perguntando se ele poderia resolver o assunto. Nesse momento Ronaldo teria dito: ¿Já que seu pai não está eu resolvo com você mesmo¿. Segundo as testemunhas, após dizer isso o acusado sacou uma faca que levava na cintura e começou a desferir vários golpes no corpo da vítima. Após atingir o comerciante com seis facadas, o acusado aplicou o sétimo golpe, deixando a arma encrava no peito da vítima. O comerciante foi socorrido para o Hospital São Domingos, na cidade de Bayeux, no qual já chegou sem vida. Após golpear a vítima, o eletricista se evadiu do local, correndo na direção de uma praça no centro do bairro. Quando passava pela praça o acusado foi visto pelo cabo Martins, que trabalha na segurança do palácio do Governo e estava de folga. Vendo que havia uma correria atrás de Ronaldo, o cabo resolveu detê-lo e acionou os agentes da 1ª Companhia da PM. Em depoimento ao delegado Alânio Coracique, o acusado disse que sua mulher havia trabalhado oito meses no supermercado Eldorado, não recebendo os direitos trabalhistas quando saiu do emprego. Segundo o eletricista, esse teria sido o motivo pelo qual fez a compra e sustou o cheque, como sendo uma forma de receber os encargos da mulher. Ele ainda disse ao delegado que foi ameaçado pelo comerciante quando foi cobrado pela dívida. Ronaldo João foi autuado em flagrante e transferido para a Central de Polícia. (AG)

Quinta-feira, Setembro 11, 2003



tentava receber R$ 50,00 do irmão

Agricultor cobra dívida e é baleado - Correio da Paraíba

Campina Grande - Se encontra internado na ala cirurgia do Hospital Antônio Targino, o agricultor Geraldo Bezerra Filho, 22, solteiro, residente na rua Francisco Fernandes, 264, no município de São Bento, no sertão paraibano. Ele foi ferido com um tiro de revólver no tórax, quando foi cobrar uma dívida no valor de R$ 50,00. O autor do disparo é um irmão dele, cujo nome não quis revelar à imprensa. Ontem no HAT, Geraldo cujo estado de saúde é regular, evitou falar no assunto nem tampouco deu o nome do agressor. Outro que também está internado naquela casa hospitalar é o também agricultor Márcio de Sousa Gomes, 18, residente na rua Álvaro Guadêncio s/n, no Alto da Conceição em Serra Branca. Ele foi vítima de uma facada no abdome e segundo seus familiares o fato aconteceu durante uma briga naquela cidade. Já José Ricardo dos Santos de Andrade, 27, solteiro residente na rua Carlos Gomes, s/n na cidade de Guarabira, também está internado com golpe de faca-peixeira. Existe rumores que ele tenha sido ferido por um delegado de polícia, mas seus familiares evitaram comentar o caso e não informaram como ele foi ferido.



Mata amigo em bar e foge em uma moto - Diário da Tarde, BH

Um homem identificado apenas como Bebeto é acusado de matar José Nonato de Souza (26 anos), o Neguinho, no interior de um bar do bairro Mantiqueira, em Venda Nova. O acusado estaria atirando a esmo quando acertou mais dois homens que estavam no bar - César Francisco de Oliveira 24 anos), o Tebinha, e Júlio Braga Espíndola (18), conhecido como Queijão. .O crime aconteceu no Bar da Lídia , na avenida José Félix Martins. Depois do crime, Bebeto e um motoqueiro, que lhe dava cobertura, fugiram em disparada.


Quarta-feira, Setembro 10, 2003



teve o braço direito arrancado e foi degolado

Tortura e morte - Zero Hora, Porto Alegre

O desaparecimento do jardineiro desempregado Jair Sortica Ivo Rodrigues, 46 anos, foi solucionado nesta semana pela 3ª DP de Canoas. Rodrigues, que morava em Canoas, foi torturado antes de morrer. Ele teve o braço direito arrancado e foi degolado. Seu corpo foi achado num matagal às margens da RS-118, em Gravataí, no último dia 26, uma semana depois de ser morto. Quatro dos oito homens que participaram do crime estão presos - um confessou envolvimento. A quadrilha matou Rodrigues porque acreditou que ele a tivesse delatado pelo roubo de um carro.



Bala perdida atinge menino no sofá da sala Garoto de 11 anos olhava TV em casa - Zero Hora, Porto Alegre

Uma bala vinda da rua atravessou a porta da pequena casa de madeira no número 3.030 da Estrada do Nazário, no bairro Guajuviras, em Canoas, e foi atingir em cheio as costas do menino Marlon Douglas Henrique Rodrigues, 11 anos. Naquele instante, à 1h de ontem, Marlon assistia à TV no sofá da sala. Socorrido, ele foi hospitalizado em estado regular no Nossa Senhora das Graças. O episódio é investigado pela 3ª DP de Canoas. A casa onde o menino mora tem pelo menos seis marcas de bala. Os policiais têm suspeitos dos disparos. Eles teriam partido de dois grupos em motos, segundo mencionaram familiares e vizinhos do menino. Antes dos tiros, houve uma discussão na rua. - Levantei para tomar água quando escutei os disparos. Ninguém sabe quem foi. A única coisa que escutamos foi barulho de moto - disse a cunhada de Marlon, Cátia Simone Marques, 19 anos, que mora nos fundos. - A gente estava dormindo. O Marlon ficou acordado porque queria ver TV. Acordamos com os tiros, e ele já estava gritando. Quando fomos ver, ele sangrava - relembrou a irmã de 14 anos do garoto, Pricila. O menino foi socorrido por um vizinho, que o levou até o Hospital Nossa Senhora das Graças em seu ônibus de excursão. Na casa estavam ainda outros dois irmãos e a mãe do garoto. Um comerciante que trabalha próximo à casa de Marlon reclamou da situação:
- A coisa está feia por aqui. A gente tem até medo de sair à noite na rua.




Mulher assassinada - Zero Hora, Porto Alegre

Teodora Fará Braga, 63 anos, desaparecida desde domingo à tarde, foi achada morta a facadas ontem no local conhecido como Lagoa Fedorenta, no km 600 da BR-153, em Bagé. Ela morava no bairro Chácara das Pedras. Teodora estava descalça, mas vestia blusa e bermuda. Ela apresentava 15 perfurações a faca e dois ferimentos na cabeça.




Pai espanca filhos e joga pimenta neles - Folha de S. Paulo

O garçom Edivaldo Aparecido de Oliveira, 29, foi preso anteontem acusado de bater em seus dois filhos e depois passar pimenta no corpo das crianças, em Montes Claros (MG). Segundo a delegada da Delegacia de Repressão ao Crime Contra a Mulher, Dolores de Oliveira, o garçom não foi preso em flagrante. "Quando os policiais chegaram, ele reagiu com duas facas de cozinha." O garçom responderá às acusações em liberdade. A pena pode variar de cinco meses a um ano de prisão. A mulher dele, Neide Maria Santana, registrou queixa da violência contra os filhos, de seis e quatro anos, que foram atendidos em hospital e passam bem. A Agência Folha não conseguiu falar com o acusado.



Morador de rua tem corpo queimado com soda cáustica enquanto dormia - Folha de S. Paulo

Um morador de rua teve a cabeça, o rosto e parte do tórax queimados, provavelmente com soda cáustica, enquanto dormia na madrugada de ontem na rua Padre João Manoel, próximo à avenida Paulista, nos Jardins, zona nobre de São Paulo. A polícia ainda não tem pistas sobre os autores da agressão. Valdemir Mendes Muniz, de aproximadamente 35 anos, teve 16% do corpo atingidos. Segundo a assessoria do Hospital das Clínicas, seu quadro é regular e ele não corre risco de morte. Segundo a delegada Elisabete Ferreira Sato, do 78º DP (Jardins), Muniz informara que não conseguiu ver quem o agrediu. Ele afirmou que desconfiava de um homem identificado como Alemão, com quem teve uma discussão uma semana atrás. Segundo a delegada, não foram encontradas testemunhas e ainda não se sabe se a agressão foi motivada por uma rixa ou se foi um atentado feito por vândalos.



Duas pessoas morrem enforcadas - Folha de Boa Vista, Roraima

Duas pessoas morreram na segunda-feira vítimas de enforcamento. Um caso foi registrado na capital e outro no interior. A primeira vítima foi Nelinho dos Santos Silva, 22 anos, morador do bairro Raiar do Sol. Segundo informações prestadas à polícia por Raimundo Aristides, avô da vítima, Nelinho escreveu uma carta aos familiares e depois se enforcou. "Quando eu entrei em casa vi meu neto pendurado no teto. Peguei uma faca e ainda cheguei a cortar a corda para salvá-lo, mas ele estava morto", disse. Na carta, Nelinho despedia-se da família e deixava uma indicação de que estaria tomando a atitude desesperada por causa de um relacionamento amoroso. O caso foi registrado no 4o Distrito Policial. Outro caso de suicídio ocorrido na segunda-feira aconteceu na Fazenda São Francisco, região do Murupu, no Amajari. Segundo o registro na Delegacia de Polícia do Interior, os agentes receberam uma ligação de Altemir Pereira de Melo informando que seu irmão, Nico Pereira de Melo, 53 anos foi encontrado enforcado com uma corda em um dos quartos da fazenda. O fato aconteceu às 7 horas e a polícia ainda investiga o suicídio.



Dupla invade mercearia e fuzila comerciante - Diário da Tarde, BH

O comerciante Cosme Silveira (44 anos) morreu na tarde de ontem no pronto-socorro do Hospital São Judas Tadeu, em Ribeirão das Neves, para onde foi levado por familiares depois de ter sido baleado com dois tiros nas costas, durante assalto à sua mercearia, localizada na rua 2, bairro Barcelona. Segundo testemunhas, o crime foi cometido por dois homens negros, que fugiram de bicicleta em direção ao bairro Rosaneves. A polícia acredita em vingança, já que nada foi roubado do estabelecimento. De acordo com informações de familiares do comerciante, por volta das 13h, os criminosos entraram na Mercearia S.V. Ltda e pediram à filha de Cosme, uma menina de sete anos, um copo d`água. Tão logo a garotinha entrou num cômodo em anexo para buscar o líquido, os criminosos sacaram suas armas e atiraram contra o comerciante. Parentes contaram ainda que, há cerca de um mês, Cosme enxotou dois homens que estavam em atitudes suspeitas em frente à mercearia, parecendo querer assaltá-la. Os desconhecidos gritaram para o comerciante que voltariam um dia para matá-lo. Daí, familiares acreditarem que os autores do homicídio seja essa dupla. A filha do comerciante ouviu os estampidos dos tiros e correu para ver o que tinha ocorrido com o pai, encontrando-o ainda agonizando. Ela avisou outros familiares, que imediatamente socorreram Cosme Silveira e o levaram ao hospital, mas Cosme não resistiu.(GP)



ex-coveiro

Acusado de estupro é arrastado e fuzilado - Diário da Tarde

A acusação de um estupro pode ter custado a vida de Reginaldo César da Silva (24 anos), executado com vários tiros na rua Joaquim Teixeira dos Anjos, bairro Taquaril, na noite de domingo. O crime foi praticado por três homens que tiraram Reginaldo do interior de um salão cabeleireiro e o arrastaram até a rua, onde efetuaram vários disparos contra ele, que morreu ainda vestindo um avental. O subinspetor João Batista e detetives Célio e Levindo tiveram informações de que há cerca de cinco meses, quando trabalhava como coveiro no cemitério da Saudade, Reginaldo foi acusado de ter estuprado a mulher de um outro funcionário. Ele foi demitido e teve que deixar o barracão que alugara perto do cemitério, indo morar com uma irmã no Taquaril. Na noite de domingo, Reginaldo estava cortando cabelo em um salão na rua Joaquim Teixeira dos Anjos quando chegaram três homens que o retiraram da cadeira, arrastando-o até o outro lado da rua, onde o mataram com vários tiros. Os peritos Germir e Ailton constataram oito ferimentos na região do pescoço e cabeça de Reginaldo. Testemunhas disseram que os assassinos ainda tiveram o cuidado de recolher as cápsulas espalhadas no chão, numa clara tentativa de não deixar pistas para a polícia.



Venda Nova treme de novo - Diário da Tarde, BH



Uma tentativa de fuga ocorrida no início da tarde de ontem na 7ª Secional de Venda Nova provocou tiroteio e morte. Cerca de 60 presos, que estavam em duas celas, conseguiram chegar ao pátio e renderam o auxiliar-administrativo Ricardo Henrique da Silva (39 anos), que fazia funções de carcereiro, tomando seu revólver calibre 38. Ele tentou escapar e foi baleado com três tiros. Outros policiais ouviram o barulho, invadiram a carceragem e trocaram tiros com os detentos. Também ficaram feridos os presos Eduardo Rodrigues Gomes, Sandro Eduardo Marques e Rodrigo Flávio dos Santos. Outro detento, Rubens de Oliveira Lopes (24), que cumpria pena de 11 anos por latrocínio (roubar para matar) e foi transferido da Furtos e Roubos para aquela delegacia na sexta-feira, morreu a caminho do Pronto-socorro de Venda Nova, para onde os outros feridos também foram levados. De acordo com versão do delegado Marco Antônio de Paula, Rubens foi ferido ao ser pisoteado pelos outros presos, que tentavam correr quando a carceragem foi invadida pelos policiais. Entretanto, a mãe do detento, Maria Auxiliadora de Oliveira, que esteve na delegacia à procura de notícias do filho e saiu de lá sem saber que ele havia morrido, contou que, baseado em informações dadas por familiares de outros presos, que estariam na carceragem no momento do motim, Rubens foi espancado por policiais dentro de uma cela, provavelmente por ter sido ele o autor dos disparos que feriram o auxiliar-administrativo. De acordo com o delegado Marco Antônio, por volta das 13h de ontem, aproveitando o pequeno número de policiais na hora do almoço e sabendo que naquele momento normalmente seriam levados presos para o Fórum, 60 presos que ocupavam as celas 10 e 11 serraram as grades das portas e ficaram no pátio, à espera dos policiais que iriam fazer a escolta. Ricardo entrou na carceragem e foi dominados pelos presos, que pegaram o seu revólver. O auxiliar-administrativo, entretanto, conseguiu desvencilhar-se e tentou escapar, sendo atingido por três tiros de raspão, sendo dois no peito e um nas costas. Os estampidos chamaram a atenção dos policiais, que invadiram a carceragem e entraram em confronto com os internos. Nesse momento, ainda segundo a versão do policial, Rubens caiu e foi pisoteado por outros detentos. O preso Sandro Eduardo foi atingido por um tiro na coxa esquerda, Eduardo Rodrigues ficou ferido de raspão na sobrancelha direita e perna direita, Rodrigo Flávio foi atingido por estilhaços, provavelmente de vidros, no olho esquerdo. A exemplo de outras delegacias de Belo Horizonte, a carceragem da 7.ª Secional de Venda Nova também tem a superlotação como o seu principal problema. Ontem, em suas 10 celas, estavam recolhidos 220 homens, quando a capacidade é para 70. A situação piorou no final da semana passada com a transferência de alguns presos da Furtos e Roubos para aquele local.



Cachorro esquarteja criança de 2 anos - Gazeta dp Paraná

Uma criança aparentando dois anos de idade teve a cabeça, e os membros decepadas por um cão de raça não definida ontem, no fim da tarde, em uma chácara em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba. Os moradores da Chácara 22, situada na Rodovia do Minério e caminho da Estrada Marmeleiros, tentavam no começo da noite de ontem resgatar os restos da criança, mas eram impedidos pelo animal. Peritos do Instituto Médico Legal e uma equipe de resgate especial da Polícia Militar estavam se dirigindo ao local, mas até o fechamento da edição não haviam sido repassadas novas informações sobre a situação da ocorrência. Moradores da região dizem que o cão que atacou a criança era dos proprietários da chácara.



Assaltante trapalhão atira no pé do comparsa - Diário Catarinense

Quatro adolescentes assaltaram ontem de manhã o posto bancário do Besc no Hospital de Caridade, Centro de Florianópolis. Um dos assaltantes acabou acertando um tiro no pé do comparsa e deixou o companheiro para atrás na hora da fuga. A agilidade da Polícia Militar resultou na apreensão de dois jovens, de 16 e 17 anos, na recuperação do revólver calibre 38 da vigilante e de R$ 4.770. A dupla foi detida no Morro do Mocotó, no acesso ao hospital. Segundo relato dos funcionários do Besc à Polícia Militar, os ladrões levaram cerca de R$ 6 mil. Dois deles conseguiram fugir e levaram as armas utilizadas no assalto - uma pistola 380 e um revólver calibre 38. Durante toda a tarde de ontem o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar realizou buscas no complexo do Morro da Cruz, mas não encontrou os suspeitos. A vigilante reconheceu os dois jovem detidos minutos depois do assalto. Eles utilizavam bonés para encobrir parte do rosto.




Preso em Capanema, ambientalista admite que é praticante da pedofilia - O Liberal, Belém

Policiais civis de Capanema prenderam em flagrante, na tarde do último domingo, Rogério Augusto Vieira, de 46 anos, dentro da sua casa, no momento em que ele estava acompanhado de duas meninas de 12 anos cada, ambas alunas da sua esposa. As meninas disseram ao delegado Godofredo Martins Borges que há algum tempo vinham sendo assediadas por Rogério e que com ele faziam sexo oral. Pelo menos mais duas meninas também teriam sido aliciadas pelo pedófilo, Inclusive, garante o delegado, com uma delas, também de 12 anos, Rogério já manteve relações sexuais. Ele foi preso em virtude das denúncias feitas por vizinhos, que achavam estranho o vai-vém de meninas na sua casa, justamente quando a esposa do pedófilo estava fora. Coube aos investigadores Caldeiras, Walter e Éder ir lá conferir, quando acabaram prendendo em flagrante o acusado, antes que ele pudesse dar início a mais uma sessão de pedofilia. Rogério disse ao delegado Godofredo que é guia ambiental e que já militou em diversas organizações não-governamentais, ¿inclusive o Greenpeace¿, além de já ter trabalhado em dois orgãos públicos federais ligados ao meio ambiente. Ele disse, na delegacia de Capanema, que reconhece ter praticado ¿uma falta moral, fruto de um distúrbio psicológico¿, mas que ele não classifica esse procedimento como sendo um ato de pedofilia. ¿Eu só fazia tocar com as mãos as partes íntimas das meninas e isso apenas uma três, quatro vezes¿, disse o tarado. Ele chegou a dizer que uma das meninas tinha ¿instintos homossexuais¿, pois ¿se esfregava na cama¿ com outra coleguinha. Por fim, ele se disse ¿incompetente, imoral¿ por ter feito o que fez com as garotas e que ¿acha justo¿ que seja condenado. As duas meninas encontradas com Rogério disseram, também, que para fazer o que o pedófilo queria elas ganhavam dinheiro, roupas e outros presentes. O delegado informou que as mães das meninas não desconfiavam de nada porque todas as vezes que elas iam para a casa de Rogério pensavam que a esposa dele, professora das menores, também estava lá. Mas Godofredo achou ingênuo essas mães não perceberem que as filhas chegavam em casa com dinheiro e presentes, sem perguntar quais os motivos que fizeram Rogério dar essas coisas.



Homens com uniformes da PM matam seis - Jornal do Commercio, RJ

Seis pessoas foram assassinadas a tiros na madrugada de ontem, em quatro casas no bairro Jardim Nova Era, em Nova Iguaçu. Cinco das vítimas eram irmãos, entre elas um menino de quatro anos e uma grávida no oitavo mês de gestação. Outras seis pessoas que estavam nas casas foram poupadas pelos criminosos, que vestiam fardas da Polícia Militar e roupas camufladas das Forças Armadas. A Polícia Civil investiga a informação de que o crime teria sido cometido por traficantes ou por PMs. A chacina ocorreu por volta das 3 horas. Um grupo de aproximadamente dez homens invadiu as quatro casas, na Rua Mílton Tinoco. O primeiro a morrer foi Marcos César Soares (29 anos). Ele foi arrancado de casa, com uma corda amarrada no pescoço, e morto na rua. Em seguida, os assassinos invadiram a casa de Iraci de Oliveira Carvalho (72), e ali mataram Luís Henrique Oliveira de Carvalho (18), Carlos Alberto de Oliveira (17), Genílson de Oliveira Carvalho (4) e Carla Oliveira de Carvalho (20), grávida. Segundo a polícia, Carla morreu porque tentou defender um dos irmãos. Iraci e outras três meninas, de entre 11 e 15 anos, foram poupadas. Uma das adolescentes levou um tiro no pé. Os assassinos ainda invadiram mais duas casas e mataram Geílson de Oliveira Carvalho (25), filho de Iraci Carvalho. Sua mulher e uma vizinha também foram poupadas. As sobreviventes da chacina foram ouvidas pelo delegado responsável pelo inquérito, Daniel Gomes, da 56ª Delegacia de Polícia. Ele não revelou o conteúdo dos depoimentos. A Polícia Civil suspeita que os assassinos estavam atrás de Luís Henrique e Geílson. Segundo os policiais encarregados da investigação, os dois irmãos seriam viciados em drogas e teriam uma dívida com traficantes. A região onde ocorreu a matança fica em uma área conflagrada por disputas por pontos-de-venda de drogas entre as facções criminosas Comando Vermelho e Terceiro Comando. Policiais da 56ª Delegacia de Polícia (Comendador Soares) prenderam à tarde um policial militar acusado de haver participado da chacina, de madrugada. Ele teria sido reconhecido por uma testemunha.


Terça-feira, Setembro 09, 2003



Descuido - Gazeta do Paraná, Cascavel

Laureci Ferreira da Silva,34, estava embriagado e brincava com uma foice, quando atingiu seu filho de 1 ano e 5 meses. A criança foi encaminhada em estado grave e seu pai, autuado em termo circunstanciado.



Acusado de tentar estuprar criança de seis anos é preso em Rorainópolis - Folha de boa Vista, Roraima

O delegado Uziel de Castro Júnior, da Delegacia de Rorainópolis, sul do Estado, autuou em flagrante no final de semana o desocupado Cleiton Santos de Almeida, 20, acusado de atentado violento ao pudor contra a criança I.F.S., 06 anos. Conforme a denúncia, usando do conhecimento que tinha com a família da vítima, Cleiton entrou na casa e começou a assediar a criança. Sentou no sofá da sala para assistir televisão e depois passou a beijar e acariciar a criança. Em seguida, introduziu o dedo no órgão genital de I.F.S. Cleiton acabou surpreendido pela mãe da criança, que flagrou o acusado tentando manter relações sexuais com I.F.S. O caso foi denunciado na polícia e Cleiton foi preso em seguida. Ele tentou negar a acusação, mas as provas o incriminaram. A criança foi submetida a exame e, conforme o delegado, o médico atestou que houve lesão na genitália da criança. O acusado foi autuado em flagrante no artigo 214 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de seis a dez anos de prisão, caso venha ser condenado. Ele foi levado ao presídio de São Luiz do Anauá, também no sul do Estado, e aguarda decisão da Justiça.




isso que é fusca bala

Bando assalta usina, faz refém e foge em Fusca - Corrreio da Paraíba

Quatro homens, fortemente armados com revólveres, pistolas e espingarda calibre 12, no início da tarde de ontem, assaltaram o restaurante da Usina Monte Alegre, localizada nas margens da BR-101-Norte, em Mamanguape. Os assaltantes roubaram todo o dinheiro do caixa, como também assaltaram o marchante conhecido por "Preto", dono de um frigorifico. A quantia roubada não foi divulgada. Na hora da fuga, os bandidos fizeram um jovem de aproximadamente 20 anos, filho do marchante ¿Preto¿, de refém. Os bandidos saíram num Fusca amarelo. Os assaltantes, logo em seguida, abandonaram o Fusca e fugiram em um Santana. Eles foram perseguidos, até um certo tempo, pelos seguranças da Usina Miriri, que não se aproximaram dos bandidos, temendo pela vida do rapaz. Os assaltantes fugiram pela BR-101-Norte, sentido na altura do Posto Jacaraúna, tomaram uma estrada que liga a BR-101, Lerolândia, Santa Rita, onde passaram em alta velocidade, seguindo para Lucena. O delegado Erilson Cláudio, delegado Mamanguape e o capitão Adielson, comandante da 19ª Companhia da PM, foram informados sobre assalto e que os assaltantes fugiram levando uma pessoa como refém. Os delegado Erilson e o capitão Adielson, juntamente com auxiliares seguiram em perseguição aos assaltantes. Já próximo a cidade de Lucena, as duas autoridades encontraram os seguranças da Usina Monte Alegre que saíram em perseguição aos ladrões. Os seguranças informaram que os quatro bandidos, abandonaram o Santana e entraram a pé na Mata. Até o fechamento dessa edição, a polícia não tinha capturado o bando.


Segunda-feira, Setembro 08, 2003



Desocupado é preso por jogar beijos para PMs - Folha de Boa Vista, Roraima

O desocupado Josué Alves Lima, 18, foi preso na noite de anteontem, no bairro Santa Teresa, acusado de desacato à autoridade. Josué teria jogado beijos para uma dupla de policiais militares que estava fazendo ronda a pé pelo local. Segundo o registro feito no 3o Distrito, Josué estava em frente à escola Maria dos Prazeres em companhia de vários adolescentes menores de idade. Quando a dupla de PMs passou pelo local, os menores começaram a fazer algazarras e Josué, acompanhando o grupo, jogou vários beijos para os policiais, que consideraram o ato como desrespeito. Ele foi detido por desacato e encaminhado ao distrito policial onde foi liberado após prestar depoimento à polícia.



Homem morto a pedradas no Maringá I - Diário de Cuiabá

A madrugada de sábado foi violenta no bairro Maringá I, região do Parque do Lago, em Várzea Grande. Carlos Roberto Pereira Antunes, de 28 anos, foi assassinado com pedradas na cabeça por volta das 5 horas, na avenida Tricolor. Três jovens suspeitos de envolvimento no crime foram presos ainda na manhã de sábado por agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que não divulgou os nomes dos envolvidos. A prisão dos três rapazes, que prestaram depoimento ontem pela manhã, aconteceu após a polícia receber informações de testemunhas que viram a vítima em um bar na companhia dos suspeitos.
Ainda ontem pela manhã continuava sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) o corpo de uma mulher encontrada esquartejada (em avançado estado de decomposição) no dia 30 de agosto, em uma lagoa perto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em Cuiabá. A mulher, que aparenta ser jovem, estava nua com o corpo dentro da água. Ela possui uma tatuagem em forma tribal no pé da nuca e um piercing em forma de bolinha no umbigo. Após 30 dias sem reconhecimento, a vítima será enterrada como indigente. O caso está sendo investigado pela DHPP.



Acusada de decapitar filha é presa no litoral - Últimas Notícias, UOL

Policiais militares prenderam na tarde de anteontem a dona-de-casa Renata Pereira da Silva Silvano, 21, acusada de decapitar a filha Vitória Renata Romualdo, de 1 ano e 3 meses, na casa da família, no bairro Jardim Ribamar, região periférica de Peruíbe (litoral sul paulista). Segundo informou a polícia local, surpreendida pela chegada à casa de uma equipe da PM, a mulher confessou o crime e mostrou aos PMs o saco sob a pia da cozinha onde havia escondido provisoriamente o corpo, do qual buscava uma maneira de se livrar. A denúncia que levou à descoberta do assassinato teria sido feita por meio de um telefonema a um jornal local, que, às 17h30, avisou o plantão da delegacia-sede da cidade (a 130 km de São Paulo). O caminhoneiro José Carlos Romualdo, 28, marido de Renata e pai da criança, só tomou conhecimento do crime à noite, ao chegar do trabalho, depois que a mulher já tinha sido presa. Na delegacia, ela disse que tomou a atitude transtornada, devido aos problemas de relacionamento que, segundo informou aos policiais, passou a ter com o marido após o nascimento da criança, um dos dois filhos do casal _o outro, um menino de 3 anos, estava em casa no momento do crime, mas nada sofreu. Antes de ser decapitada, a menina ainda recebeu uma facada no peito. Para retirar o corpo da casa, a mulher teria pedido ajuda a um conhecido, que, mesmo sem acreditar na versão, telefonou para o jornal. Com receio de uma eventual tentativa de linchamento por parte de vizinhos, os policiais levaram a mulher imediatamente para a delegacia, onde ela prestou depoimento. Como não há prisão para mulheres no litoral sul, Renata foi conduzida na madrugada de ontem para a Cadeia Feminina de São Vicente, de acordo com a Delegacia de Peruíbe. Na cadeia, supostamente com o objetivo de evitar uma rebelião das presas, que geralmente não toleram a presença de autoras de crimes contra crianças, a informação transmitida por telefone na tarde de ontem era que a mulher não estava lá.


Quarta-feira, Setembro 03, 2003



Pedreiro leva tiro no peito por não querer comprar arma - Folha de Boa Vista, Roraima



O fato de não querer andar armado quase fez o pedreiro Pedro dos Santos Borges, 39 anos, perder a vida. Ele recusou-se a comprar uma arma e foi atingido com um tiro no peito pelo vendedor. O caso aconteceu na madrugada de domingo em um bar, no bairro Santa Tereza. Segundo contou a vítima no distrito policial, ele estava indo para casa quando resolveu parar no bar e tomar uma dose de cachaça. O acusado, identificado como Joel Alves Ribeiro, que estava nos fundos do estabelecimento, teria se aproximado de Pedro e oferecido um revólver calibre 38. "Eu o conheço há muito tempo, e nunca imaginei que ele fosse fazer uma coisa desse tipo. O homem não estava nem bêbado. Ele me viu e se aproximou oferecendo o revolver. Eu disse que não tinha interesse em ter nenhuma arma e ele insistiu, falando que a arma era bonita", lembrou. Pedro Borges disse que assim que Joel percebeu que ele não ia ficar mesmo com o revólver, apontou a arma e disparou. "Eu falei que a arma não me interessava e então ele apontou para mim e disse: 'então toma', atirando em seguida. Eu tentei desviar e depois lutar com ele, mas não tinha mais forças", contou. A vítima saiu correndo do bar pedindo ajuda a conhecidos que a levaram ao Pronto Socorro Francisco Elesbão onde foi medicada. Pedro contou que o médico que o atendeu achou melhor não mexer na bala para não piorar o ferimento. O projétil continua em seu corpo. O acusado fugiu do local do crime e está sendo procurado pela policia, mas até o final da tarde de domingo não havia sido encontrado.



depois vai servir café e torradas

Assassino diz que vai receber polícia a bala - Folha do Estado, Cuiabá

O assaltante Miro Arcanjo Gonçalves, de 23 anos, telefonou para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e disse que não será fácil ser recapturado. E se os policiais tentarem prendê-lo, estará armado e vai atirar. Miro fugiu há duas semanas do Fórum Criminal da capital após empurrar um agente penitenciário e sair correndo pela porta giratória. Ele é conhecido pela fama de violento e considerado por policiais civis como de alta periculosidade. Condenado a 12 anos por assassinato, Miro responde por outros dois homicídios ocorridos no início deste ano, no bairro Pedra 90. Desde então, policiais civis e militares estão tentando localizar o fugitivo. Mas, nos últimos dias, Miro tem ligado para a DHPP dizendo que vai resistir e pode haver confronto. Ele chegou a dizer para os policiais que "pode vir quente que eu já estou fervendo". Quatro dias após a fuga, ele tentou matar Hélio Lopes da Silva, de 24 anos, atingido por seis tiros. A tentativa de assassinato aconteceu no bairro São Gonçalo. A vítima seria um antigo desafeto do jovem. Miro fugiu da ante-sala da 13ª Vara Criminal de Cuiabá quando chegava para uma audiência no processo do duplo assassinato dos vigias Nelson Batista de Oliveira, de 22 anos, morto com um tiro no pescoço, e Anivaldo Brás, de 37 anos, com um disparo nas costas. Para fugir, o jovem aproveitou que as algemas foram retiradas e empurrou dois agentes penitenciários. Mesmo entrando em luta corporal com um deles, saiu correndo pelas escadas. Considerado de alta periculosidade, Miro estava preso na Penitenciária Regional do Pascoal Ramos. Na semana passada, havia sido condenado a 12 anos de prisão pelo assassinato do jovem Rogério Schaffer, de 22 anos. O crime ocorreu no dia 22 de maio do ano passado no Pedra 90. Ele aguarda recurso da condenação, mas ao mesmo tempo cumpria pena por roubo. No dia da fuga, ele seria interrogado pelo juiz Adilson Polegato de Freitas, da 13ª Vara Criminal de Cuiabá.



bebida faz mal a saúde

Matou o amigo de copo para roubar - Jornal de Brasília

O segurança Cosmo Marcolino dos Reis, 32 anos, foi preso em flagrante sob a acusação de ter matado para roubar o pedreiro Sebastião Batista de Jesus, 48 anos. Além do crime de latrocínio que cometeu, Cosmo ainda esfaqueou duas vezes a dona de casa Maria Geraldina Marques, 50, que está internada no Hospital Regional de Taguatinga, em estado grave. O duplo crime ocorreu na segunda-feira, por volta das 17h, na Chácara 12 do Condomínio Nova Betânia (Samambaia). Cosmo matou Sebastião para roubar os R$ 15 que ele tinha na carteira. Após o homicídio, ocorrido na casa da vítima, o segurança deixava o local, mas foi visto por Geraldina. Para não ser denunciado, ele tentou matá-la. Um auxiliar de limpeza do condomínio passou em frente à casa de Sebastião e viu manchas de sangue na porta. Como a residência estava aberta, ele entrou e encontrou a vítima caída em volta a uma poça de sangue. Assustado, o rapaz foi à casa vizinha pedir ajuda e então deparou com Geraldina, sangrando. A Polícia Militar foi chamada ao local e prendeu Cosmo. Levado para a 32ª DP, ele confessou o crime. Disse que conheceu Sebastião, no mesmo dia do crime, por volta das 14h, em um bar. Começaram a conversar e Sebastião o convidou para beberem em sua casa. Compraram uma garrafa de cachaça, fizeram caipirinha e tomaram. Embriagado, Sebastião foi dormir. Cosmo tentou tirar-lhe a carteira do bolso, mas ele acordou. O segurança pegou uma faca e golpeou no pescoço, três vezes, matando o pedreiro na hora. Abriu, então, o guarda-roupas, vestiu uma camisa e deixou o local, quando foi visto pela vizinha. Após o segundo crime, saiu correndo. Contudo, antes de deixar o condomínio foi preso por policiais militares e autuado em flagrante por latrocínio e por tentativa de homicídio. O primeiro crime é inafiançável e prevê uma pena de até 30 anos de prisão.



João de Deus, esta preso, o demônio esta foragido

Matei porque tava com o demônio - Jornal de Brasília



Taxista, casado, pai de três filhas, morador de Samambaia, sem passagem pela polícia. E assassino. Frio, cruel e calculista ¿ como aqueles descritos em romances policiais de gosto duvidoso. Um assassino capaz de surpreender os agentes da 17ª Delegacia de Polícia de Taguatinga, que, finalmente, o prenderam, depois de oito meses de investigação. Essa é a descrição de João de Deus Ferreira, 50 anos, autor de quatro latrocínios (roubo seguido de morte) nos dias 15 e 16 de janeiro deste ano, contra uma família que morava em Santo Antonio do Descoberto (GO). As vítimas ¿ o casal Arlindo Manuel Dias, 74, e Ana Maria Souza Dias, 47, e as filhas Jacinta Rosa Rodrigues, 46, e Janaína de Souza, 15 ¿ morreram simplesmente porque João de Deus queria roubar deles um carro (o Voyage branco JDU-6553 DF) que vendera seis meses antes para Ana Maria.
Endividado ¿ devia a agiotas, e ainda faltava pagar prestações do carro ¿, João diz que "perdeu a cabeça" até o dia em que resolveu pôr o plano em ação. Primeiro, ele matou o casal a tiros, em Luziânia (GO), e colocou fogo nos corpos. Depois, matou as filhas de Arlindo e Ana Maria, em Brazlândia, do mesmo modo: tiros e depois, fogo. "Fiz com minhas próprias mãos, mas só posso ter sido possuído pelo demônio. Estou arrasado, minha vida acabou", disse João de Deus, ontem, no auditório do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Algemado, cabeça baixa, confessou que pensou em suicídio e que esperava sua prisão. A prisão, aliás, demorou porque os parentes de Arlindo e Ana Maria só comunicaram o desaparecimento do casal à polícia depois que viram os retratos falados de Janaína e Jacinta em um programa de TV. Foi Neuza, moradora de Ceilândia e irmã de Ana Maria, quem procurou a polícia. A partir daí, a investigação começou. A polícia descobriu que no mesmo dia da morte das irmãs, um Voyage branco sumira. "Ficamos sabendo que os corpos de dois idosos haviam sido encontrados em Luziânia. E foram mortos com o mesmo modus operandi das mulheres em Brazlândia", conta o delegado Mauro Aguiar Machado, que mandou seguir João de Deus. Na segunda-feira, ele foi chamado à DPE. Disse que não conhecia o casal de idosos e que nunca tivera um Voyage. Enquanto prestava depoimento, policiais faziam busca na casa do taxista, em Samambaia. Porém, a mulher dele, Maria Aparecida, contou que tiveram um Voyage e o venderam ao casal. E que poderia reconhecer Arlindo e Ana. Os policiais pressionaram o taxista, que contou os crimes com detalhes. Segundo o delegado, o taxista deve ser condenado a, no mínimo, 60 anos, em regime fechado, pelos crimes hediondos. "Há agravantes como a crueldade, o fato de as vítimas não terem chance de defesa e a ocultação de cadáveres", explica o delegado Mauro.



até o leitinho das crianças esta sendo batizado

Mulher é suspeita de colocar gasolina em mamadeira dos filhos - Diário do Vale, Volta Redonda



Policiais militares evitaram ontem que Rosimeiry Florêncio, de 25 anos, fosse linchada pelos vizinhos, na Rua Monteiro, em Três Poços, acusada de maltratar os próprios filhos, M.M.P., de 9 meses, e V.H.P.M., de 3 anos, que é deficiente físico. A conselheira tutelar Irani Martins apreendeu na casa da mulher uma mamadeira que, segundo testemunhas, continha gasolina e xarope. Também foi recolhida uma cartela de comprimidos de cloridrato de metoclopramida, que as crianças eram obrigadas a tomar para não vomitar a estranha mistura que a mãe lhes dava para beber. A mulher servia gasolina com o xarope com a intenção de forçar os filhos a dormir, segundo contaram os vizinhos. O espancamento constante das crianças era por vingança contra o companheiro Wagner Costa Carvalho. As crianças foram levadas para a Fundação Beatriz Gama, enquanto a conselheira denunciou Rosimeiry ao Ministério Público e ao juiz da Vara da Infância e Juventude, Marcelo Mondego. A polícia chegou no momento em que os vizinhos se preparavam para invadir a casa da mulher.
Rosimeiry deverá responder por crimes de tortura, abandono de incapaz e negligência e perder o pátrio-dever (perda dos direitos de mãe).
- A mamadeira e os comprimidos apreendidos serão periciados para que o exame confirme a versão contada pelos vizinhos de Rosimeiry. Encontrei as crianças cheirando mau, por falta de banho, e com fome - explicou Irani.
Um farmacêutico disse que os comprimidos de cloridrato de matoclopramida são usados para evitar vômitos. O companheiro da mulher não tinha sido localizado até no final da tarde.

Terça-feira, Setembro 02, 2003



Ladrão mata comerciante e foge a cavalo em São José - Vale ParaibanoSão José dos Campos



Um ladrão montado em um cavalo matou com um tiro de espingarda o entregador de gás José Sebastião Pinto de Magalhães, 33 anos, para roubar a quantia de R$ 150 em dinheiro. A cena de faroeste ocorreu no último sábado, às 14h, no bairro Bom Retiro, zona leste de São José dos Campos, em frente à mercearia 'Sombras da Tarde'. Testemunhas do crime disseram que, depois de executar a vítima com um tiro à queima-roupa, o bandido fugiu em um cavalo branco que estava amarrado em frente ao estabelecimento. O pistoleiro sumiu a galope sem deixar pistas. O comerciante Márcio Antônio da Silva, 35 anos, estava na mercearia com seu filho, J.S.R., 22 anos, e presenciou o crime. Ele disse que havia acabado de pagar R$ 25 por um botijão de gás, entregue por Magalhães, quando ocorreu o assalto. "Ele (a vítima) pediu um doce e sentou para contar o dinheiro. Quando saiu, o ladrão encostou a arma e atirou. Depois o ladrão ainda obrigou eu e meu filho a recolhermos o dinheiro e entregar para ele", disse. Segundo Silva, que é cunhado da vítima, o suspeito entrou no estabelecimento se fazendo passar por um freguês, escondendo uma espingarda calibre 28 (cano duplo serrado) debaixo da blusa. De acordo com a polícia, o entregador de gás foi morto com um tiro --tendo dois projéteis deflagrados-- na testa. Ele morreu no local. O comerciante disse que seu cunhado não reagiu. "Ele (o bandido) disse 'é você mesmo que eu quero' e atirou, mas ele nem conhecia o meu cunhado", disse. O estabelecimento permaneceu fechado desde sábado em luto pela morte de Magalhães. Testemunhas do crime disseram à polícia que o acusado era branco e tinha os cabelos tingidos de loiro, vestindo calças e blusa.Magalhães era casado, pai de três filhos, e tinha dois empregos para aumentar a renda mensal de R$ 300 da família. A mulher disse que ele não tinha inimigos no bairro . INVESTIGAÇÃO - O delegado titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Fábio Cesnik, disse que a polícia vai ouvir testemunhas para tentar identificar o suspeito. "Não é de todo estranho o fato do bandido estar a cavalo, já que o crime ocorreu na zona rural", disse. O delegado disse que a polícia já iniciou as investigações. As denúncias anônimas podem ser feitas pelo telefone 147. O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte) e o inquérito policial será aberto no 6º Distrito Policial, que atende à zona leste da cidade. Outro latrocínio na zona rural de São José ocorreu no dia 20 de agosto. A aposentada Maria Cristina Leal da Costa, 50 anos, foi assassinada com requintes de crueldade dentro de casa no bairro Buquirinha, zona norte. O vizinho da mulher, o balconista Ciro Assunção Tararan, 23 anos, foi preso em flagrante acusado de cometer o crime.

Home
 

Google


Search WWW Search www.brasilcruel.blogger.com.br