Vida de cão
Noticias diárias sobre violência no Brasil




Procurando algo?




Terça-feira, Maio 31, 2005



Hoje quando comecei a visitar os jornais, mantive o menos processo, de escolher o jornal depois de deixar o mouse "escolher", e assim foi, com os outros jornais. E novamente vejo que a violência e fatalidade não poupa as crianças.
No Acre, em um seringal, uma crianças mata a irmã de 8 anos, na Bahia um irmão de 5 anos coloca fogo em sua irmã de 3 anos e falou que tinha ciúmes dela. E este menino de 1 ano que foi vitima de um animal? Ele morava no meu bairro.



Menino de 1 ano morre após ser pisoteado por cavalo - Folha da Região - Araçatuba

Thiago Mendonça de Barros Hausknecht, que completaria 2 anos de idade no dia 12 de julho, morreu sábado, em Araçatuba, depois de levar coices e possivelmente ter sido pisoteado por um cavalo em uma chácara no bairro rural Engenheiro Taveira. A criança, que morava em São Paulo, estava na cidade com os pais e, segundo consta em boletim de ocorrência, no momento do acidente estava em uma festa de aniversário.
A polícia apurou que ninguém na chácara viu quando o menino se aproximou do animal, que estaria amarrado a uma cerca. Quando foi encontrado, Thiago estava caído e com vários ferimentos pelo corpo. O menino foi atendido com vida na Santa Casa, mas não resistiu. No boletim consta que ele chegou ao hospital com afundamento de crânio. De acordo com o laudo do IML, os ferimentos foram identificados como "compatíveis com pisoteamento feito por eqüino".
A criança foi enterrada domingo no cemitério do Morumbi, na capital. A reportagem tentou falar com familiares de Thiago em São Paulo, mas uma funcionária da residência, que fica no bairro Pinheiros, disse que os pais estavam muito abalados e sem condições de dar declarações sobre o assunto. A funcionária, que se identificou como Conceição, disse que não estaria autorizada a passar informações para a imprensa, mas negou a versão do boletim de ocorrência de que a babá do garoto, identificada apenas como Mi, não havia sido localizada. "A babá ficou o tempo todo com a família", afirmou. O boletim de ocorrência deve ser encaminhado hoje à DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), que também investiga crimes envolvendo crianças.



Preso homem acusado de tentar estuprar deficiente - Folha de Boa Vista, Roraima

A prisão do acusado foi em cumprimento ao mandado expedido pelo juiz Gursen de Miranda, entregue na delegacia na manhã de ontem e cumprido às 14h.
Conforme a delegada Aparecida, a solicitação da prisão de Genivaldo ocorreu no dia 28, quando ele foi denunciado naquela especializada pela irmã da vítima, esposa do infrator.
A esposa de Genivaldo compareceu à delegacia e comunicou que havia discutido com ele no dia 27. Por temer alguma agressão por parte dele, foi dormir na casa de uma vizinha. Somente os filhos do casal ficaram em casa, juntamente com a moça, de 23 anos de idade, deficiente mental.
Pela parte da manhã, quando voltou para casa, ela foi higienizar a irmã, quando percebeu manchas de sangue e esperma no short da deficiente, que gemia e apontava para a genitália. Ela foi informada por um dos filhos menores que Genivaldo havia tentado estuprar a deficiente. A criança ainda tentou impedir que o pai cometesse o crime, mas ele o mandou dormir.
Ao saber do ocorrido, a esposa do acusado o questionou e ele afirmou que tentou o estupro para se vingar dela. Preocupada, ela resolveu vigiá-lo e, na noite do dia 28, ficou observando pelos vidros da janela quando Genivaldo tentava mais uma vez estuprar sua irmã. Ela saiu gritando pelo meio da rua pedindo ajuda aos vizinhos, quando o fato foi levado ao conhecimento da polícia.
Ao ser comunicado de sua prisão, Genivaldo não resistiu e depois de tomados os procedimentos na DDM, ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Boa Vista, onde deverá cumprir prisão temporária de 30 dias.



Criança é levada de casa à força - Correio do Povo, Porto Alegre, RS

A Polícia Civil de Vale Real, na Serra, investiga o paradeiro de uma menina de 3 anos levada à força de casa, no último domingo. De acordo com o inspetor Bruno Barth, a suspeita é de que o pai da criança, morador de Sorocaba, no interior de São Paulo, esteja envolvido na situação. Acompanhado de um casal e de uma mulher, o homem teria chegado a Vale Real ainda na noite de sábado e mostrado à mãe da criança que estava armado, conforme o inspetor. No domingo, usou de um inseticida para dopar a mãe, deixada inconsciente. O fato foi descoberto após vizinhos da família serem alertados pelos gritos de socorro do irmão da criança desaparecida, um menino de 6 anos. Ao chegar à residência, a Brigada Militar encontrou a mãe desmaiada e um tubo de inseticida esvaziado na pia da cozinha. A mulher foi hospitalizada na cidade de Feliz por causa da intoxicação provocada pelo veneno.
O alerta mobilizou também o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), que montou barreiras nas rodovias da região na tentativa de interceptar uma caminhonete S10 branca, na qual supostamente estariam o suspeito, a criança e os demais ocupantes, não identificados. O delegado Paulo Gilberto Baladão, titular da Delegacia de Polícia de Feliz e também respondendo por Vale Real, assinalou que a Polícia Civil do Estado já pediu auxílio ao Conselho Tutelar e aos órgãos de segurança de Sorocaba e do estado de São Paulo, mas a desconfiança é de que o suspeito possa ter levado a criança para outro destino.
De acordo com os policiais, as primeiras investigações revelaram que o homem teria chegado à residência da família ainda na noite de sábado. A partir de então, ele teria retido a mulher e as duas crianças durante toda a madrugada e manhã de domingo, partindo então levando a criança e os cúmplices no início da tarde.



Garota morre com um tiro na cabeça - Jornal de Brasília


Uma garota de 17 anos foi morta na frente da casa de um amigo em Ceilândia. Anna Paula Freire Pinto foi atingida na cabeça, domingo, às 23h, durante tentativa de assalto. Ela e a amiga L., 17 anos, atingida no rosto, foram levadas para o Hospital Regional da Ceilândia e encaminhadas para o Hospital de Base, onde Anna morreu.
Elas haviam ido lanchar com amigos após assistir à missa na Paróquia São Marco e São Lucas no Setor P Norte. Terminado o lanche, o grupo, na camionete Ford/F1000, deixou um dos amigos em casa. O carro parou em frente a uma casa na QNN 5 e N., 17, desceu. Os amigos esperavam no carro quando três homens armados abordaram o grupo. "Abriram as portas e mandaram a gente deitar ", contou L. Segundo ela, dois assaltantes pediram os celulares enquanto o outro ligava o carro.
De repente, o rapaz que entrara em casa abre o portão. Os assaltantes correm e com as vítimas deitadas no chão disparam sete tiros. Anna Paula, e L. levantaram a cabeça e foram atingidas. "Ouvi os tiros e me assustei imaginando que meu filho estivesse na rua. Quando eu e meu marido saímos no portão vimos as meninas feridas", contou a professora Tânia Corrêa de Oliveira, 40, mãe de N.
"Ela desmaiou e eu fiquei consciente. Fomos para o hospital e depois, não a vi mais", disse L., que ficou com uma bala no rosto. "Éramos amigas, quase irmãs", disse L., ontem à tarde, no enterro de Anna Paula, no cemitério de Taguatinga. A mãe de L., reclama da violência. "As crianças saem para ir à missa e não voltam. A Anna saiu da minha casa com a L., linda e maravilhosa, nunca ninguém imaginaria tal tragédia", disse Leuda Carneiro Peres, 44.
Anna Paula, pernambucana, era a mais nova de três irmãs. Ela teria vindo para Brasília há dois anos, após a separação dos pais. Sua mãe não foi ao enterro por estar em estado de choque. O pai, Francisco Duran Pinto, 55, que vive no Rio de Janeiro soube da notícia de madrugada, por telefone. "Não há como esconder a revolta. Os pais não podem perder seus filhos de forma injusta", desabafou.
Anna Paula era amada na igreja. "Ela era doce e presente", contou o frei Alexandre Lima. Ela iria fazer vestibular para Medicina e se dividia entre o grupo jovem e o cursinho. No enterro, amigos carregavam uma faixa com pedido de justiça. "Era uma menina que lutava pela vida. Por isso fazemos esse apelo", disse o frei. O caso é apurado pela 15ª DP. Até ontem os assassinos não haviam sido identificados.



Criança mata outra no Juruá; uma terceira foi ferida e está internada em Cruzeiro - O Estado, Rio Branco, Acre

Uma criança de 8 anos morreu depois de ser alvejada com um tiro de espingarda num seringal do município de Marechal Taumaturgo, no Juruá. Uma terceira criança, de 7 anos, também saiu ferida. Os pais das crianças, segundo a PM do Juruá, disseram que se descuidaram durante uma caçada na segunda-feira e um dos meninos pegou a espingarda e atirou contra a irmã acidentalmente, que morreu na hora.


Criança de três anos morre incendiada - Agora, Itabuna - Bahia

Uma criança de 5 anos é acusada de assassinar a irmã incendiada, em Teixeira de Freitas, sexta-feira (27). Júlia de Oliveira Alves, de aproximadamente 3 anos, tinha problemas de locomoção e não podia andar. No momento, ela estava deitada na cama, quando seu irmão, o menor de 5 anos, colocou fogo no colchão em que estava. O pai Gildásio Oliveira Alves estava trabalhando quando aconteceu o incêndio e a mãe de Júlia, Maria Aparecida Alves, tinha ido rapidamente à casa da vizinha buscar uma panela, deixando os três filhos dormindo em casa. Minutos depois ao retornar ao local, encontrou o quarto pegando fogo. Segundo o delegado que está cuidando do caso, a criança alega ter matado a irmã por que sentia ciúmes da mesma.



Cabo da PM mata esposa e é assassinado pelo sogro - O Rio Branco, Acre

Dois homicídios movimentaram a pacata cidade de Tarauacá no último final de semana. O cabo da PM Sebastião Carlos Lima de França, 34, assassinou a tiros de revólver a sua companheira Mônica de Lima e Lima, 19, quando estava deitada numa cama na residência de seu pai. Ao chegar em casa e encontrar a filha morta, Francisco Cleomar Vieira de Lima, 41, tomou a arma do militar e o assassinou com três tiros no rosto. A tragédia aconteceu por volta das 10h30 de domingo.
Na versão da família de Mônica, ela vivia sendo espancada pelo amante, o militar França, o qual dizia ser apaixonado pela mulher, mesmo tendo a agredido em outras oportunidades. No domingo pela manhã, o casal se desentendeu e a jovem teria apanhado do marido. Ela foi levada para fazer exame de corpo de Delito e ao retornar estava na casa de seu genitor deitada numa cama quando a residência teria sido invadida pelo militar, que com a arma da corporação efetuou disparos, matando instantaneamente a companheira.
Francisco Cleomar Vieira Lima, ao chegar em casa, encontrou a filha morta e o PM ainda com o revólver do crime na mão. Foi então que o sogro do acusado aplicou-lhe uma paulada na cabeça, tomou-lhe a arma e o matou, disparando várias vezes contra o rosto do militar para vingar a morte da filha. A polícia de Tarauacá, ao ser acionada, foi ao local e encontrou os dois corpos, marido e mulher, estendidos no chão e efetuado a prisão em flagrante de Cleomar Vieira Lima, que mesmo praticado o crime em legítima defesa da filha terá que responder, segundo a Lei, pelo ato cometido.
Parentes da jovem assassinada comentaram no IML, em Rio Branco, que Mônica vivia sendo espancada pelo companheiro, o qual não aceitava uma separação, já prevista pela forma como vinha agindo nos últimos meses. Por sua vez, amigos do militar afirmaram que ele é um ótimo policial, mas devia estar em completo estado de embriagues alcoólica quando cometeu o crime. Por causa dessa suspeita, foi preciso fazer um exame mais detalhado para saber o porquê ele tirou a vida da própria mulher.


Segunda-feira, Maio 30, 2005



Faquinha, do Glauco



Assassinato de jovem no Açude pode ter ligação com drogas - Diário do Vale, Volta Redonda


Ainda são desconhecidos os motivos e a autoria do assassinato de Gélcio Cruz da Silva, de 19 anos. Ele foi morto ontem, com um tiro na cabeça. Os soldados-PMs Lizardo e Cândido, que estiveram no local do crime, foram informados pela mãe da vítima, Maria de Lourdes da Cruz, que o filho era usuário de drogas.
O homicídio foi num escadão, na Servidão Petrópolis, que liga os bairros Belmonte e Açude.
Segundo testemunhas, o crime foi por volta das 10 horas. Os PMs tiveram dificuldades para colher informações de testemunhas, que não quiseram comentar o assassinato. Gélcio morava na Rua Cabo Frio, no bairro Siderlândia.
- A polícia não tem bola de cristal, por isso, conta com ajuda da população para apurar qualquer tipo de crime - disse um policial.



Marginais espancam velho de 77 anos - A Gazeta, Acre

Pedro dos Santos Marinho, 77, foi brutalmente espancado por dois marginais que roubaram sua bicicleta Monark Tropical verde e placa AC-6691. Populares revoltados capturaram um dos suspeitos e tentaram linchá-lo. Jardel Amaro Alves Carvalho, 19 anos, recebeu voz de prisão e foi apresentado na Delegacia Central.
A PM apurou que o velhinho foi atacado na periferia. Como conseqüência do espancamento, ele sofreu hematoma na altura do olho esquerdo. Moradores que presenciaram a cena se revoltaram e saíram em perseguição aos acusados, mas capturaram apenas Amaro, a quem passaram também a espancar, tentando fazer justiça com as próprias mãos.



Ladrão de cerveja é preso com drogas - Folha de Londrina

Denilson Cruz dos Santos, 32 anos, foi preso em flagrante na madrugada de ontem, acusado de assaltar o Posto Autódromo, na Avenida Winston Churchill, na Zona Norte, de onde teria sido levados R$ 30 e 15 latas de cerveja. De acordo com a Polícia Militar, o assalto ao posto teria sido praticado por dois homens numa moto Honda Titan 125, cor verde, placas AJN 3934. Após diligências e informações de testemunhas, policiais chegaram até a casa de Santos, na região da Zona Norte, onde encontraram também oito ¿¿buchinhas¿¿ de maconha e dois papelotes de pasta base de cocaína, além de várias latas de cerveja vazia, possivelmente as roubadas no posto. Ainda conforme a PM, ele foi reconhecido pelas vítimas. O outro rapaz que estava na garupa da moto não foi identificado pela policiais.



Menina encontrada morta em Jaboatão - Jornal do Commercio, Recife

A estudante, que estava desaparecida desde a última quarta-feira, foi achada, ontem de manhã, numa mata perto do Conjunto Marcos Freire. Segundo peritos, ela levou pelo menos 20 facadas
A estudante de 12 anos que estava desaparecida desde a última quarta-feira, no Conjunto Marcos Freire, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife, foi encontrada morta, ontem pela manhã, na mata do Loteamento Guarani, uma área de difícil acesso próxima ao conjunto. A menina estava com a calcinha abaixada, a blusa e a saia levantadas. De acordo com o Instituto de Criminalística (IC), a vítima foi assassinada com pelo menos 20 facadas, sendo oito no pescoço.
O corpo da jovem foi localizado por familiares, por volta das 8h de ontem, numa área deserta, localizada a cerca de 500 metros da margem do rio que separa o conjunto e a mata do Loteamento Guarani. Segundo os parentes da menina, nem a polícia nem o corpo de bombeiros se empenharam nas buscas. Sem alternativa, o pai dela pediu apoio de um irmão, um primo e um vizinho e, quando o dia amanheceu, começou a procurar sozinho.
¿O primo do meu pai, que é caçador, achou o corpo. A gente pediu ajuda à PM, mas eles disseram que não tinham equipamento para atravessar o rio. Já os bombeiros vieram, passaram 15 minutos e foram embora¿, protestou o irmão da menina.
Os peritos do IC Raimundo Gomes e Jorge Duque estiveram, ontem, no local do crime. ¿A menina foi morta provavelmente no dia em que desapareceu, pois o corpo já estava em decomposição. Levou pelo menos 20 golpes de uma faca de mesa. Não conseguimos detectar se houve violência sexual, mas o fato de a vítima estar com a calcinha abaixada e a saia e a blusa levantadas são indícios de estupro¿, explicaram.
A estudante sumiu por volta das 19h da última quarta-feira, quando brincava sozinha na área da estação da Compesa. Um morador da área disse ter escutado gritos. As sandálias da garota ficaram jogadas no chão.
Revoltados com o descaso das autoridades, os moradores do conjunto derrubaram todas as árvores da estação da Compesa. ¿Isso só aconteceu com a menina porque essa área aqui fica abandonada e os marginais se aproveitavam das árvores para se esconder e fumar maconha¿, disse uma moradora que preferiu não ser identificada.
O delegado da Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente Paulo Jean, que investiga o caso, afirmou que um suspeito chegou a ser detido na última quinta-feira, mas foi liberado logo depois porque não havia provas contra ele.



Estudante teve bebê na rua - A Crítica, Manaus


Transeuntes e moradores das imediações da rua 24 de Maio, no Centro, presenciaram ontem uma cena inusitada: um parto em plena via pública. O fato ocorreu por volta das 9h, quando a estudante Marinalva Oliveira Aquino, 28, se dirigia a pé ao hospital da Beneficente Portuguesa, em busca de um leito para dar à luz a filha.
O bebê, que nasceu pesando mais de três quilos, foi amparado por populares que passavam pelo local. Segundo a irmã mais velha de Marinalva, Leine Aquino, a falta de leito na Maternidade Balbina Mestrinho, na Praça 14, Zona Sul - para onde ela foi no início da manhã -, teria sido o motivo pelo qual a estudante optou em procurar outra unidade de saúde para ter a filha.
De acordo com a assistente social da Maternidade Balbina Mestrinho, Socorro Furtado, a estudante teria tomado uma atitude precipitada ao sair da unidade sem ter se dirigido ao Serviço Social. "De fato, não havia vagas no momento em que a paciente deu entrada, mas nesses casos, elas são encaminhadas para o setor de Serviço Social, depois de serem atendidas na sala de pré-parto", afirmou.
De acordo com a assistente social, em caso de ausência de leitos a maternidade se encarrega de fazer a transferência da parturiente depois de checar a existência de vagas em outra unidade.



Corpo sem cabeça encontrado em um tanque da Petrobras - A Tarde, Salvador

Um corpo sem a cabeça, de um homem de identidade ainda desconhecida, foi encontrado em adiantado estado de decomposição no interior de um tanque de cimento da Petrobras, entre Candeias e São Francisco do Conde, anteontem. Vestido com calça, camisa e meias, o corpo foi resgatado da água por uma equipe do Corpo de Bombeiros, e levado ao Instituto Médico-Legal Nina Rodrigues, ao meio-dia de ontem.
O cadáver foi encontrado no início da manhã de sábado, por uma pessoa de nome não revelado, que fazia uma vistoria na tubulação da estatal. Policiais de São Francisco do Conde solicitaram a remoção ao IMLNR, mas a dificuldade de se chegar ao tanque fez com que o levantamento cadavérico somente fosse realizado na manhã de ontem. Com apoio de uma equipe do 14º Grupamento do Corpo de Bombeiros (Madre de Deus), o corpo foi resgatado já por volta das 11 horas.
O perito Montenegro confirmou que a vítima é do sexo masculino, mas, cauteloso, informou que outras características e o que provocou a morte somente serão conhecidos após exames laboratoriais realizados no Instituto de Criminalística Afrânio Peixoto (Icap). O delegado José Jorge Dias da Silveira, do plantão da Delegacia de São Francisco do Conde, assinou guia de remoção do corpo e instaurou inquérito. ¿Quem chega até aqui para uma desova é quem conhece a área¿, disse o agente Sérgio, da delegacia local.


Sábado, Maio 28, 2005



Que dia para as crianças hein...

Morte de criança causa revolta - Folha de Pernambuco


Uma noite de choro e bastante revolta marcaram o lar da pequena Crislaine de Souza Menezes, 5 anos, na última quinta-feira. Por volta das 20h, ela e a irmã de três meses, nos braços da mãe, iam passando por baixo do pontilhão que liga o bairro do Cabanga à avenida Sul, quando se viram no meio de um tiroteio. PMs tentavam impedir a ação de dois adolescentes, que assaltavam um casal num carro. Uma das balas acertou o olho da criança e a outra feriu Jairson Batista da Silva, 51, atingido-o de raspão na cabeça. Ambos foram levados para a emergência do Hospital da Restauração (HR), onde Crislaine de Souza morreu. A outra vítima recebeu curativos e foi liberada poucas horas depois.
O fato chocou tanto os moradores do Cabanga, como da Joana Bezerra, onde a garota morava com a família. Ainda bastante nervosa, a mãe só soube do falecimento da filha quando já estava em casa, na rua Jaguari. ¿Meu Deus, que tragédia. Como pude perder Crislaine dessa maneira. Eu estava voltando da casa do meu tio, no Cabanga, junto com ela e o bebê, quando de repente me vi num fogo cruzado. Agora só restam o meu marido e duas filhas, uma de 3 anos e o bebê¿, disse a dona de casa Cristiane de Souza Menezes, 23.
Momentos antes de atravessar o pontilhão, ela contou que a sacola que carregava, se rasgou, e ela teve que se sentar na calçada para recolher os pertences caídos no chão. ¿Pedi para Crislaine segurar a irmã no colo, enquanto recolhia as coisas que se espalharam. Nessa hora, vi quando dois adolescentes vinham se aproximando, cada um segurando um tubo de cola de sapateiro. Eu já estava esperando ser assaltada, mas a dupla enrolou uma camisa nas mãos e fingiu estar armada, rendendo o carro que passava. Os ocupantes já estavam entregando objetos, quando a polícia apareceu atirando¿, contou. Na confusão, o casal que estava sendo assaltado conseguiu se livrar, os ladrões não foram pegos pela polícia, que também não prestou socorro à criança. ¿Por mais que eu gritasse, implorando por ajuda, nada adiantou. Como é que os policiais não se compadeceram da minha situação e foram embora?¿.



Extermínio: pai, filhos e PM são acusados - Folha de Pernambuco


Pai, filhos e um policial militar. Todos acusados de fazerem parte de um grupo de extermínio do bairro da Iputinga, mais precisamente, na favela do Detran. Adalberto Pedro dos Santos, o Grandão , 66; Marcelo Pedro dos Santos, 29; Márcio Pedro dos Santos, 29; Marcone Pedro dos Santos, o Nara, 21, e o PM da Radiopatrulha Ubirajara Alves dos Santos,o Bira, 35, foram presos na tarde da última quinta-feira, por policiais da equipe da Delegacia do Cordeiro. De acordo com o delegado titular daquela distrital, Fernando Moreira, a atividade de um grupo de extermínio na região estava sendo investigada há meses.
No entanto, foi a denúncia de um morador que apontou os cinco como responsáveis por cinco mortes, entre elas, dois duplos homicídios em abril deste ano. As vítimas do dia 4 de abril foram Rubenix Januário de Souza, de idade não-divulgada, e outro homem que continua sem identificação. Já Márcio José do Nascimento Silva, 18, e André Luis Barbosa, de idade também não-divulgada, foram mortos no dia 13 de abril. ¿Segundo testemunhas, Grandão não tinha participação direta nos crimes, mas dizia quem iria morrer no bairro¿, explicou o delegado.
O grupo se defendeu, afirmando que não tem envolvimento em morte nenhuma. ¿Eu nunca matei ninguém. Vivo lá desde pequeno e não tenho inimizades. Mas tem um grupo lá querendo nos matar, que é a turma da ponte¿, disse Márcio, referindo-se a uma gangue que freqüenta a ponte da Salvação. Márcio disse ainda que uma das vítimas, André Luís, era amigo da família. Além deles, também estão sendo acusados dois homens conhecidos apenas como Wagner e Kennedy. O policial Ubirajara Alves dos Santos não quis conversar com a reportagem da Folha. Todos foram encaminhados ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.



Não foi um bom dia para algunas crianças


Assalta restaurante e ameaça crianças - A Gazeta - Acre

A polícia de Rio Branco deflagrou na manhã de ontem, caçada ao preso em liberdade condicional David Venâncio de Oliveira, 28, que segundo a investigação, trabalha como moto-taxista. Ele é acusado de invadir um restaurante no Centro da cidade, torturar duas meninas de 8 e 10 anos respectivamente, para roubar dinheiro e documentos.
As menores teriam ficado em estado de choque em virtude das ameaças que sofreram durante a investida criminosa. Para identificar o acusado, investigadores do Grupo Antiassalto da Polícia Civil (GAPC), convidaram as vítimas para ver as fotos de arquivo na Especializada.
Sem muito trabalho elas não tiveram dúvidas em apontar David, como sendo o agressor e responsável pelas torturas. Os policiais descobriram ainda que o acusado é suspeito de participação em outros assaltos e para encobrir seus crimes trabalha como moto-taxista, para facilitar inclusive na escolha das vítimas.



Espanca adolescente e vai parar na cadeia - A Gazeta - Acre

Acusados de terem espancado um menor de 17 anos, o preso em liberdade condicional Francisco Lima de Oliveira, 20, e Carlos da Silva Trindade, 23, ambos moradores da Rua Santa Izabel, bairro Vitória, foram parar na cadeia. Segundo a polícia, antes de castigar o adolescente, os dois acusados participavam de uma bebedeira.
No feriado de Corpus Christi ao cair da tarde, bebendo, "puxando fogo", resolveram disciplinar o rapaz que recusou em participar da cachaçada. A polícia foi acionada e os levou para o xadrez, Francisco está em liberdade condicional por crime de homicídio e há dois meses não vai dormir no presídio conforme estabeleceu a Justiça. Pela desobediência ganhou outro processo e ainda teve o benefício quebrado.



Preso vendedor acusado de espancar filho de cinco anos - Correio da Bahia

Acusado de ter fraturado a perna do próprio filho de apenas 5 anos no final da tarde de anteontem, no interior de sua residência, no bairro da Boca do Rio, o vendedor José Carlos dos Santos, 37 anos, está preso na Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca). Aparentemente embriagado, ele agrediu a criança por motivos ainda desconhecidos. Denunciado pela esposa, a cabeleireira Solange Barbosa Oliveira, 26, foi autuado em flagrante com base no artigo 136 do Código Penal Brasileiro (CPB), que dispõe sobre a agressão.
O fato ocorreu por volta das 17h de anteontem, pouco depois de José Carlos chegar de Simões Filho, região metropolitana de Salvador, onde trabalha como vendedor de artigos para o lar. Antes de ir para a residência, ele passou em um bar, onde ingeriu algumas doses de bebida alcoólica. Segundo a irmã de 10 anos da vítima, ele chegou em casa gritando pelo menino e perguntando o que ele havia feito, passando a agredi-lo a pauladas.
Quando se deu conta de que havia quebrado a perna do próprio filho, José Carlos o levou à Clínica Santa Bárbara, no bairro de Cajazeira X, onde ele foi medicado. A esposa de José chegou em casa pouco depois, perguntando pelo menino e pelo marido, sendo surpreendida pelo relato da filha mais velha sobre a agressão. Revoltada, a mulher foi até a Derca e denunciou o companheiro.
Acionada pela Derca, policiais militares da 3ª Companhia Independente (Cajazeiras) foram até a residência do casal e prenderam José Carlos em flagrante, por volta das 23h. Ainda sob o efeito de bebida alcoólica, ele tentou negar o crime, alegando ter o garoto quebrado a perna enquanto brincava em uma árvore no quintal da casa. A versão não convenceu os PMs, que o conduziram à delegacia.
Depoimento - Ouvido pela delegada Simone Malaquias Macedo, plantonista da Derca, o acusado manteve a negativa sobre o crime, mas confessou agredir todos os cinco filhos que tem com Solange. "Só quando eles merecem", justificou-se. Também revelou em certas momentos ter perdido o controle e ter atacado a esposa durante discussões dentro de casa.
Ele também contou ter ingerido três doses de cachaça e alguns copos de cerveja, pouco antes de retornar à residência, procurando pelo menino. "Ele é o filho mais danado que tenho, mas eu não fiz isso", insistiu. José Carlos e Solange estão casados há dez anos e possuem cinco filhos, o mais novo com 3 anos de idade.


Sexta-feira, Maio 20, 2005



Assassina homem a pedrada - Folha de Rondônia

A Delegacia de Polícia Civil do município de Ouro Preto do Oeste registrou um homicídio na região rural do Distrito Rondominas, onde foi ceifada a vida de Pedro Paulo da Silva, que tinha 30 anos.
Pedro Paulo encontrava-se na esquina da linha 133, no travessão da 24, quando levou um golpe na cabeça de uma pedra de aproximadamente um quilo, que foi encontrada no local pelos policiais militares que atenderam o chamado. A vítima foi levada com vida para o Hospital Municipal Laura Maria Braga, e quando era removida para Porto Velho faleceu.
Souto Filho de Souza, 31 anos, morador do distrito de Rondominas, compareceu na Delegacia Civil um dia após o crime e confessou ter sido o autor do golpe que na cabeça da vítima que teve traumatismo craniano. O infrator argumentou aos delegados que matou Pedro Paulo porque tinha sofrido uma agressão física por parte da vítima, em represaria por não ter levado-a à linha onde morava. A Polícia recebeu informação anônima que indicava ter sido Souto o autor do crime, porém não houve uma pessoa no distrito que desse um testemunho do ocorrido na noite do crime.
Como se livrou do flagrante, Souto Filho depois de ouvido, assinou o termo de culpa e foi liberado, para responder o crime em liberdade.



Tibica serra grade e foge da DP de Afuá - Diário do Amapá, AP


José Raimundo Pantoja da Costa, vulgo "Tibica", residente na Ilha de Santana, que estava preso na delegacia do município de Afuá desde o dia 27 de abril, depois de ter sido preso acusado de ter praticado um assalto na Ilha do Teles, está novamente nas ruas: depois de serrar a grade da cela, fugiu. Na época da prisão, ele foi alvejado com um tiro de cartucheira na barriga disparado pela vítima, que reagiu a ação dos criminosos. O episódio ocorreu na madrugada de 25 de abril quando Tibica, em companhia do catraieiro Manoel Vicente dos Santos (34), além de mais cinco envolvidos, sendo um deles foi morto a bala no local. A polícia chegou aos culpados através de investigação desenvolvida pela equipe do de-legado Ronaldo Coelho da (DPI), e agentes da delegacia de Entorpecentes. O delegado descobriu que alguns deles já possuem nome sujo na polícia. Após a tentativa de assalto, os demais integrantes do bando fugiram, mas várias equipes de policiais do Amapá e do Pará foram ao encalço deles e conseguiram capturar apenas o catraieiro e o Tibica. Por ocasião da prisão, o caso foi registrado no Ciosp do bairro Congós, sob a responsabilidade dos delegados Ronaldo Coelho e Pery Nunes, este responsável pela segurança pública das ilhas do Pará.
Duas equipes de agentes sendo da Delegacia de Polícia do Interior (DPI) e outra da Entorpecentes (DTE) seguiram para Ilha de Santana, a fim de localizar o paradeiro dos foragidos envolvidos no assalto em Afuá, além de militares da viatura 186 da PM. Os policiais levaram o catraieiro como guia nas buscas e uma varredura policial foi feita na Ilha, mas ninguém foi preso. Na casa de um dos principais acusados, identificado pelo preso, ninguém soube informar se ele havia praticado algum crime, mas a polícia já tem suspeita sobre a participação dele. O delegado Pery Neto, foram transferidos de Macapá para a sede do município de Afuá onde iriam aguardar transferência para o presídio de Americano em Belém. No dia da transferência dos acusados na rampa do Santa Inês, várias pessoas reconhece-ram os acusados como sendo responsáveis por assaltos nas ilhas do Pará e Amapá. Houve tumulto na ora na ora do embarque e ameaça de linchamento aos presos, mas o reforço policial evitou. Na ocasião, Pery Neto ressaltou a possibilidade de fuga devido a falta de segurança na DP de afuá. Fato que na madrugada de terça - feira (17), ele serrou a grade e fugiu sem ser notado.



Autônomo é morto com requintes de crueldade - Correio de Sergipe

Segundo Rosângela de Jesus Santos, irmã da vítima, no dia em que desapareceu, Airton foi visto por amigos na companhia de um baiano de prenome Luiz. Esse homem estaria adquirindo um imóvel no conjunto Santa Tereza. Na mesma data a vítima teria ido ao terminal rodoviário José Rollemberg Leite comprar uma passagem para Luiz. Só que deixou o terminal às pressas após receber uma ligação. No mesmo dia, antes de desaparecer, Airton ligou para Luiz mais duas vezes e na última disse que havia sido traído.
Para Rosângela, a polícia deve rastrear as ligações feitas para o celular da vítima a fim de chegar aos criminosos.
Ailton era vendedor de carros e celulares e deixou viúva e quatro filhos. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal, onde foi necropsiado e ontem sepultado pela família. "Queremos justiça", cobrou Rosângela.



Quando os caras largam as tetas só sai merda...dois leiteiros no mesmo dia

Leiteiro confessa à polícia ter mandado matar ex-namorada - Folha da Região, Aracatuba

O leiteiro Edson Custódio do Carmo, 56 anos, confessou ontem ser o mandante o assassinato da doméstica Adriana de Souza, 26. O crime aconteceu na noite de 24 de novembro do ano passado no bairro Mão Divina, em Araçatuba. A moça foi morta com pelo menos três tiros na frente da própria casa. Carmo disse que encomendou a morte da moça porque ela teria desistido de se relacionar com ele. "Eu pretendia me casar, mas ela queria se separar de mim".
A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba chegou a identificar, pouco tempo depois do crime, o autor dos disparos. Um adolescente confessou o homicídio, e disse na ocasião, que matou Adriana porque tinha ciúmes dela.
A polícia não acreditou na história do menor e continuou investigando o caso. Carmo foi detido ontem de manhã no bairro São José, onde mora. Ele foi levado para a sede da DIG, onde confessou o crime. Carmo, que é leiteiro, contou que Adriana era cliente sua. "Como ela não tinha dinheiro para pagar o leite, convidei Adriana para limpar a minha casa. Aí começamos a nos relacionar".
O namoro entre os dois durou cerca de 8 meses. O leiteiro alegou que pretendia se casar com a moça. "No começo ela até topou, mas depois desistiu da idéia". Foi nessa separação que o ex-namorado planejou a vingança.
Em outubro do ano passado, Carmo encontrou um conhecido em um bar do bairro São José. O acusado contou que estava triste pelo fora que havia levado da namorada. Nessa conversa surgiu a idéia do assassinato da moça. Esse rapaz, que teve o nome preservado, disse que poderia fazer o serviço por R$ 5 mil. Carmo disse que não tinha o dinheiro e ofereceu um fusca e uma moto para que o crime fosse cometido. Além dos veículos, o acusado ainda fez uma compra de R$ 1 mil em um depósito de material para construção e entregou para esse amigo, que se encarregou do crime.
Na noite de 24 de novembro de 2004, Adriana foi assassinada pelo adolescente. A polícia acredita que o menor agiu a mando do amigo de Carmo. No dia seguinte ao crime, o leiteiro ainda financiou um churrasco para o amigo com o objetivo de comemorar o "sucesso" da operação. Esse rapaz, que teria intermediado a morte de Adriana, negou as acusações. A polícia continua investigando sua participação no esquema.
Edson Custódio do Carmo disse ontem que está arrependido por ter encomendado o crime da ex-namorada. "Eu não raciocinei direito e decidi fazer tudo quando estava bêbado", argumentou. Ele deverá ser indiciado por homicídio. Como não foi preso em flagrante, o acusado responderá processo em liberdade. Carmo registra antecedentes criminais por estelionato, lesão corporal e atentado violento ao pudor. Se for condenado poderá pegar até 30 anos de prisão.




Homem assassinado com nove tiros em Ferradas - Agora, Itabuna, BA
este se ferrou....


A Polícia ainda não tem pistas que levem ao esclarecimento da morte do leiteiro Francisco Costa da Silva, de 46 anos, morador da rua Cajueiro, em Nova Ferradas. Ele foi assassinado, na madrugada de ontem, quando ia para um curral, próximo a Ferradas, onde recolheria o leite que vendia de porta em porta nos bairros vizinhos a Ferradas. ¿Chico do Leite¿, como era conhecido, levou nove tiros em várias partes do corpo.
Familiares disseram desconhecer a existência de inimizade entre Chico e qualquer pessoa. Mas a forma como foi assassinado leva a crer em uma possível vingança ou crime de mando. ¿Um ladrão dificilmente perderia tempo fazendo nove disparos. Quem fez isso queria ter certeza de que ele morreria¿, comenta um investigador da Civil.
O corpo de Francisco Costa foi necropsiado na tarde de ontem no Departamento de Polícia Técnica do Complexo Policial de Itabuna, antes de ser liberado para sepultamento. A Polícia continua investigando o caso.

Segunda-feira, Maio 16, 2005



Isso é o fim da picada

Aos 96 anos, ancião é detido por reclamar direito junto à prefeitura - O Rio Branco, Acre

O ancião Raimundo Pedreira, 96, residente no ramal do Riozinho do Rola, rodovia Transacrena, perdeu a paciência na manhã de ontem na prefeitura de Rio Branco. Ele foi em busca de receber um precatório a que tem direito e foi informado de que ainda não seria desta vez o pagamento. Nem mesmo os quase 100 anos dele servem para apiedar as autoridades.
Cansado de tanta humilhação, Raimundo tentou partir para a briga. Os dois funcionários do setor se sentiram ameaçados pelos atos do velhinho e chamaram a polícia. Apesar da idade avançada. Acionados pelo Centro Integrado de Ocorrências de Segurança Pública (Ciosp ¿ 190), uma guarnição da Polícia Militar foi ao local e deteve o velhinho, o levando para a Delegacia Central de Flagrantes (Defla).
Raimundo ficou detido por algumas horas. Como não houve representação, foi liberado em seguida sem a necessidade de processo. Mas se não bastasse o fato de ter sido preso, teve ainda de ficar na delegacia a espera de uma assistente social do ministério público. Ela teria marcado para ir vê-lo às 15 horas (hora em que ele foi embora) e só apareceu às 16h.



Usuária leva calote e denuncia traficantes - Jornal de Brasília


Uma usuária de drogas que levou calote de um traficante ajudou a polícia a apreender 268 latas de merla, ontem, na Estrutural, por volta das 11h. Leandro Bispo dos Santos, 25 anos, Edson Sena Rosalima, 22 anos e Irineu Ribeiro Camelo, 43 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.
O sargento Antônio Ferreira, do 4º Batalhão de Polícia Militar, contou que a mulher procurou o posto da polícia na Estrutural para denunciar os traficantes. Ela disse que teria acertado que, em troca de drogas, faria um programa com Edson. Ao cobrar o combinado, porém, foi ameaçada e levou uma coronhada. "Ela estava com um corte na cabeça", disse o sargento.
Ao procurar os homens e a arma, a polícia foi surpreendida com a grande quantidade de merla enterrada num barraco na Estrutural. Ainda estavam com os bandidos 835 gramas de maconha, R$ 200, um celular, três munições de revólver calibre 38 e uma toca ninja usada em assaltos. O revólver, porém, não foi encontrado.
Em Brazlândia, Alex Gomes de Souza, 20 anos, também foi preso em flagrante na tarde de sábado com um tablete e 36 trouxinhas de maconha. Ele estava na Quadra 3 do Setor Veredas e assumiu que a droga seria vendida.



Mata o companheiro a tiros e acaba baleada - Diário da Tarde, MG

Uma briga de casal terminou em tiroteio e morte ontem à tarde, em Contagem. Ameaçando se separar do companheiro caso ele não dividisse com ela os lucros com o tráfico de drogas na favela Vila Itaú, em Contagem. Luana do Carmo Oliveira (20 anos) acabou brigando e, em seguida, trocando tiros de pistola automática com Paulo Henrique de Souza (19 anos). O rapaz foi atingido nas costas, braços e tórax e acabou morrendo quando era levado para o Hospital Municipal de Contagem pelos militares da Cia. de Missões Especiais. A mulher foi ferida nas braços, pernas e tórax e socorrida pelos militares para o mesmo hospital, onde ficou internada em estado grave.
De acordo com a Polícia Militar, o casal trocou tiros pelas ruas da Vila Itaú, nas proximidades da avenida Babita Camargo, próximo ao número 680, ameaçando acertar pessoas que nada tinham a ver com a briga. Segundo o sargento Xavier, eles foram acionados pelos moradores do aglomerado por volta de 15h, quando o casal iniciou o tiroteio. Ao chegarem ao local, os policiais depararam com os dois envolvidos sangrando, caídos na rua e desacordados. Com eles, foram apreendidas duas pistolas automáticas. Assim que chegaram na favela, os militares observaram que um rapaz deixou a residência do casal correndo. Ele foi perseguido, detido e encaminhado à 6ª Seccional de Contagem, onde foi ouvido em cartório e liberado em seguida.
Na residência do casal foram apreendidos um tableta de maconha e um rádio de comunicação da polícia, além de R$ 300 em dinheiro. A localização da casa dos traficantes chamou a atenção dos militares. Com ampla visão panorâmica de toda a favela, que permite aos moradores perceberem a chegada de qualquer carro ou pessoa, a casa conta ainda com circuito interno de TV. Uma equipe da perícia foi solicitada para examinar o local e tentar descobrir algum compartimento usado para armazenar drogas.



Corpos na caçamba - Diário da Tarde, MG

A polícia está investigando o assassinato de um homem e um adolescente, cujos corpos foram encontrados na manhã de ontem, dentro de uma caçamba de entulho e lixo instalada na avenida dos Retirantes, próximo ao número 28, bairro Retiro, em Contagem. Eles foram identificados como sendo Éderson Alves de Oliveira (23 anos) e o menor seria Deiguimar Francisco de Souza (16 anos). Na manhã de ontem, um morador foi jogar o lixo na caçamba e, quando se aproximou, deparou-se com os dois corpos. Assustado, ele acionou a polícia, que enviou a VP-8508, comandada pelo sargento Ronildo. A área foi isolada até a chegada de peritos da 6.ª Seccional de Contagem.
Imediatamente, vários moradores se aglomeraram em torno da caçamba na expectativa de que os corpos fossem identificados. O menor foi reconhecido através das roupas por uma irmã, e Éderson, pelo pai, Édson. Ele estava bastante nervoso, andando de um lado para outro, amparado por amigos, que tentavam consolá-lo. Édson chegou a comentar que Éderson, filho único, esteve preso no ano passado, mas não entrou em detalhes sobre os motivos.
Moradores chegaram a informar que, por volta de meia-noite, foram ouvidos alguns disparos, mas ninguém teve coragem de verificar o que estava ocorrendo, temendo represálias. Existe a hipótese de eles terem sido assassinados dentro da caçamba, local onde provavelmente tentaram se esconder do assassino ou assassinos. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico-Legal/IML para exames de necropsia e liberados para sepultamento.

ESTRELA DALVA
Durante uma feira, realizada na rua Costa do Marfim, Conjunto Estrela Dalva, próximo ao Bairro Estoril, BH, um homem foi assassinado e uma menina atingida por uma bala perdida. Marcus Henrique dos Santos (23 anos) foi morto com um tiro no tórax e a menor C.G.R. (12 anos) ferida no braço esquerdo Ela foi medicada no pronto-socorro do Hospital João XXIII/HPS.
C.G.R. contou que estava próximo a um carrinho de pipoca quando ouviu alguns disparos e, em seguida, um homem usando roupa escura a segurou pelas costas na tentativa de se defender dos tiros. Nesse momento, ela acabou sendo atingida no braço esquerdo, sendo socorrida por familiares. Ela não soube informar se o desconhecido que a segurou seria o mesmo que morreu momentos depois no HPS.
Uma testemunha disse aos policiais da Divisão de Crimes contra a Vida (DCcV) que conhecia o homem baleado apenas como Preto . Em dado momento houve uma correria, com as pessoas tentando proteger-se dos disparos, quando ela percebeu o homem caído e pedindo ajuda.
A testemunha providenciou socorro e levou-o até o hospital, onde ele morreu instantes depois. Essa mesma pessoa também contou que Preto já havia sido preso por furto de um telefone celular, em Nova Lima. Ao ter seu prontuário consultado, constatou-se que Marcus Henrique tinha um mandado de prisão e estava foragido. Compareceram ao local os detetives João Lauria, Sidney, Adílson, Antônio Henrique, Wállisson, Lucas e Fernando, da Delegacia de Homicídios. O corpo de Marcus foi removido para o IML.


Terça-feira, Maio 03, 2005



Reage a assalto e manda bandido para o hospital - A Gazeta, Acre

Está internado em estado delicado, no Hospital de Base, Francisco Carlos Nascimento Ferreira, 21, morador da rua do Divisor, bairro Jardim Eldorado. Ele foi atingido por uma perna-manca, depois de assaltar um taxista, que também ficou ferido por um golpe de ripa de cerca, desferido pelo comparsa do assaltante lesionado. O taxista Eurico Mesquita Ribeiro, 41, levou 17 pontos no couro cabeludo, por reagir ao assalto. Segundo a polícia, Eurico foi contratado pelo assaltante que estava em uma bicicleta com o pneu furado. Quando solicitou o frete, Francisco, pediu que o levasse até a baixada da Habitasa, onde pegou um amigo dele e um televisor. Quando chegaram no bairro Jardim Eldorado, Francisco sacou de um garfo de cozinha, botou na garganta do taxista e anunciou o assalto.
Enquanto estava sob o domínio do marginal, Eurico se aproveitou de um momento de distração dele, pegou um pedaço de pau e desferiu um golpe certeiro na cabeça de Francisco. Depois do ocorrido o outro bandido fugiu deixando o comparsa caído ao solo, abandonando inclusive a televisão e a bicicleta dentro do carro do taxista.


Dupla de assaltantes bate em velho para tomar dinheiro - A Gazeta, Acre

Os assaltantes Geysim de Souza Cruz, 19, residente na rua São Jerônimo e André da Silva Santos, Travessa Epaminondas Jácome, todos com endereço na baixada da Habitasa foram encaminhados para o presídio. Segundo a polícia, às 14h de domingo, os marginais atacaram o aposentado Alfredo da Silva de 66 anos, morador da Q-09 C-15, bairro Tancredo Neves e depois de esbofeteá-lo lhe tomaram 53 reais.
O velho quando conseguiu se refazer das bordoadas, procurou a polícia para noticiar o assalto. De posse das informações, patrulheiros da guarda metropolitana fizeram buscas na área e na beira do Rio Acre, encontraram os dois fumando cigarros de maconha (droga). Os policiais detiveram a dupla e a encaminharam para a Delegacia de Flagrantes (DEFLA).
Na delegacia os envolvidos foram reconhecidos pela vítima. Parte do dinheiro roubado ainda foi recuperado, porém, a outra parte cerca de 15 reais, eles já haviam usado na compara da droga. O delegado Carlos Frederico Portela, indiciou os dois com base no art. 157 do CP, depois mandou a dupla para uma temporada na Penal.


Domingo, Maio 01, 2005



Fim da promoção! Só porque o sujeito vendia mais barato

Comerciante é morto a tiros no Santo Agostinho - Diário do vale, Volta Redonda


Volta Redonda - elegado da 93ª DP, Rodrigo Santoro Nunes, indiciou ontem o comerciante Getúlio de Oliveira, de 62 anos, por crime de homicídio. Ele é suspeito de assassinar com quatro tiros, no mesmo dia, o também comerciante Denides Alves de Souza, 61 anos. O crime foi próximo aos estabelecimentos dos dois, na Rua Soldado Francisco da Rocha, no Santo Agostinho.
Getúlio disse que atirou na vítima porque, há mais de dois anos, vinha sendo provocado por ele. Embora tenha evocado seu direito constitucional de depor apenas em juízo, Getúlio comentou com o delegado que Denides sempre ¿o tirava do sério com provocações¿.
- Os dois comerciantes viviam uma disputa de concorrência. As provocações, segundo Getúlio, eram sobre quem vendia mais barato. Hoje (ontem), a vítima teria também comparado os preços mais baixos de suas mercadorias com as vendidas por Getúlio, entre outras provocações parecidas - disse o delegado.
Getúlio foi preso pelo policial militar Marcelo Reis Penedo, que estava indo em direção à sede do 28º Batalhão da PM, na Voldac, quando viu Getúlio segurando um revólver. A arma foi apreendia.
- A vítima (Denides) me chamou, deu cerca de cinco passos, e caiu. Em seguida, Getúlio correu para o estabelecimento dele. Lá, dei voz de prisão e o conduzi para a delegacia - contou o PM.



Polícia prende jovem acusado de matar 14 pessoas - Diário de Natal

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deteve um jovem que atuava como justiceiro na periferia da zona oeste natalense. Ele é acusado de praticar 14 homicídios e foi apresentado nesta sexta-feira (29/04), pela Secretaria da Segurança Pública, na sede da Delegacia Geral de Polícia. Alexandre da Silva Martins, 20 anos, foi preso no início da tarde da quarta-feira (27), nas proximidades da favela do Detran, no bairro de Felipe Camarão, zona oeste. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma depois de efetuar alguns disparos contra a polícia no momento da abordagem.A polícia prendeu Alexandre durante uma diligência naquele bairro. ¿Houve troca de tiros, mas felizmente ninguém foi atingido¿, diz o delegado Luiz Gonzaga Lucena, da Delegacia de Furtos e Roubos (Defur). Das 14 acusações, Alexandre confessou ter matado sete. As vítimas conhecidas pelos apelidos de ¿Bira¿, ¿Ari¿, ¿Clécia¿ (acusado de ser traficante), ¿Bad Boy¿ e outro que, segundo Alexandre, não lembra o nome, foram mortos quando o acusado era adolescente. O primeiro assassinato, Alexandre teria cometido aos 15 anos. ¿Clécia foi morta porque mandou matar meu primo¿, destaca. No flagrante consta que os homicídios de ¿Boboquito¿ e ¿Leandro¿ aconteceram no início de 2005. Este último morreu há cerca de um mês. Alexandre justificou que o motivo dos crimes era inimizade. ¿Eu matava só os bandidos e traficantes¿ confessou em poucas palavras. Seus crimes eram cometidos com o uso de uma pistola Beretta 765 de fabricação italiana. Apenas ¿Bad Boy¿ foi morto a facadas.Lucena explicou que os inquéritos referentes as 14 mortes ¿deverão ser retomados e concluídos¿ enquanto Alexandre fica detido na Defur. O acusado ficou três vezes sob a custódia do Centro de Educação de Crianças e Adolescentes (Ceduc) na época em que era adolescente. O rapaz não soube dizer quais foram os anos de sua permanência. ¿Quando adulto, já ficou detido na 6ª DP, no conjunto Pajuçara, durante 10 meses, por porte ilegal de arma¿, acrescenta o delegado.



¿Boi¿ confessa ter feito vários assaltos - Folha de Boa Vista, Roraima

Preso na noite de segunda-feira, 25, Gilmar de Sena Silva, 26, o ¿Boi¿, começou a confessar alguns crimes nos quais teve participação. Assaltos no município de Iracema, em uma distribuidora e também em residências, começaram a ser esclarecidos depois da prisão dele.
Boi estava foragido da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, onde estava cumprindo pena por vários crimes, dentre eles, assalto a mão armada e tentativa de homicídio. A prisão preventiva de Boi foi expedida desde o dia 11 de janeiro deste ano. As polícias Militar e Civil estavam investigando seu paradeiro. As suspeitas a respeito dos crimes nos quais ele possa estar envolvido crescem a cada momento em que a polícia faz as ligações das pistas dos roubos ocorridos recentemente na Capital. Segundo o delegado Francisco, do 4º Distrito Policial, Boi confessou ter participado do assalto à distribuidora Parima, de onde foram levados mais de R$ 40 mil. O crime foi cometido juntamente com Ronaldo Luis Silveira de Campos, 27, o ¿Paulista¿, preso no dia 29 de março, deste ano, por policiais da CIOE da Polícia Militar.
Os dois criminosos estavam juntos em uma motocicleta Falcon, na noite do dia 27 de março, quando o policial militar Melquisedeque Ferreira Rodrigues foi atingido na perna esquerda por um tiro.
O fato ocorreu na avenida São Sebastião, quando os policiais impediram o assalto a um posto de gasolina. Além disso, um assalto no município de Iracema também foi confessado por Gilmar e outro em uma residência no bairro Caranã.
Boi já foi preso no passado, por agentes do antigo Garra da Polícia Civil. À época, ele foi acusado do roubo ao cofre da Codesaima .
Como a Codesaima teve o cofre roubado, mais uma vez, no último dia 20 e Boi estava atuando pela cidade, as possibilidades de envolvimento dele no crime não podem ser descartadas. Gilmar também foi reconhecido pelas vítimas de uma joalheira no Centro da cidade, de onde ele e outro comparsa levaram várias jóias totalizando quase cem gramas de ouro.



Desempregado assassinado com 13 facadas - Folha de Boa Vista, Roraima

Em menos de 12 horas, duas pessoas foram assassinadas em Boa Vista com golpes de arma branca. A primeira, o agricultor Clodomiro Sampaio dos Santos, 24, o ¿Clodoboy¿, foi morto com uma facada no pescoço na noite de quinta-feira. A segunda vítima foi o desempregado Maguinaldo Mota de Oliveira, 45, encontrado morto na manhã de ontem, com 13 facadas espalhadas pelo corpo, na rua das Muzendras, bairro Jardim Primavera. Neste último caso, a Polícia Militar foi acionada por volta das 6h, por um morador do bairro, que informou ter um homem caído em frente de sua casa. Ao chegar no local, os policiais confirmaram que se tratava de homicídio e acionaram a Delegacia Geral de Homicídios (DGH) juntamente com a perícia da Polícia Civil. Maguinaldo foi morto com 13 facadas que atingiram seus pulmões, o coração e também o fígado. Ele foi encontrado trajando uma bermuda e camiseta e reconhecido pelos parentes após o crime. Segundo familiares, Maguinaldo estava desempregado e morando de favor na casa de conhecidos. Os motivos do crime ainda estão sendo investigados pela equipe de operações especiais da DGH e, pelas características do crime, suspeita-se que ele tenha sido atacado por galeras.


Home
 

Google


Search WWW Search www.brasilcruel.blogger.com.br